Oii galera, tudo bem com vocês? Se existe uma coisa que eu sou viciada tirando os livros hahahaha são as séries, eu amoooo. Antes, eu assistia bem mais, mas a faculdade não me permite fazer extravagâncias hahahaha. Apesar de ter visto poucas séries em 2017, separei as minhas queridinhas, algumas só estão aqui porque era última temporada e eu tenho um carinho grande (oii tvd? ahhaaha). Eu vou deixar a sinopse e o trailer para quem quiser conferir. Então, vamos começar com a lista:


1) The Vampire Diares: começo com essa série por vários motivos: porque foi através dela que entrei nesse mundo das séries, acompanho desde do início, Ian/ Damon é meu amor platônico e em 2017 ela se encerrou, tudo bem que não foi a melhor temporada, na verdade a série decaiu no final, mas eu tenho tanto carinho por tvd que mesmo ruim é bom (Carol sua louca, explica melhor isso), acho que é coisa de fã defender a sua série né :)
Sinopse: Quatro meses após o trágico acidente de carro que matou seus pais, Elena Gilbert, que tem 17 anos, e seu irmão, Jeremy, que tem 15 anos, ainda estão aprendendo a lidar com o luto e tocar suas vidas adiante. Elena sempre foi a "garota perfeita": popular, bonita, e cheia de amigos. Mas agora ela precisa aprender a esconder sua tristeza do mundo. Quando o novo ano escolar começa, Elena e suas colegas ficam fascinadas por um misterioso e charmoso novo colega, Stefan Salvatore. Stefan e Elena imediatamente se aproximam, sem que a garota saiba que Stefan é um vampiro com centenas de anos de idade, lutando por uma vida pacífica entre os humanos, enquanto seu irmão, Damon, é a personificação da violência e brutalidade dos vampiros. Agora esses dois irmãos vampiros - um bom, um mau - estão em guerra pela alma de Elena e pelas almas de seus amigos, família, e todos os habitantes da pequena cidade de Mystic Falls.


2) Pretty Little Liars: outra série finalizada em 2017 foi PLL, eu gostava muito da série pelo seu mistério de não saber quem era -A e também pela amizade entre as protagonistas, achei que o final foi satisfatório. Não foi um final ruim na minha opinião, mas também não foi um final maravilhoso.
Sinopse: Cinco amigas inseparáveis têm suas vidas mudadas para sempre quando uma delas, a líder do grupo, desaparece misteriosamente. Um ano depois, Alison ainda está sumida e ninguém sabe se ela ainda está viva. Enquanto isso, as outras quatro adolescentes passam a receber mensagens ameaçadoras de alguém que sabe de um grande segredo que elas guardam. O que as quatro amigas realmente sabem sobre o desaparecimento de Alison? Será que elas têm alguma culpa? Quem parece estar vigiando cada passo das meninas e enviando mensagens assustadoras que expõem seus segredos mais íntimos, dos quais apenas Alison sabia? Seria a própria Alison, se ela ainda estiver viva, ou seria outra pessoa que sempre esteve de olho nelas? Além de terem que lidar com um segredo que tentam manter a todo o custo, as quatro amigas têm vários problemas pessoais a resolver na pequena cidade onde moram: conflitos na família e nos relacionamentos amorosos não ficam de fora do dia-a-dia de cada uma delas


3) Game of Thrones: gente eu tentei assistir essa série umas três vezes, começava o primeiro episódio e desistia, achava tudo muito parado, até que um dia eu coloquei na cabeça que assistiria pelo menos o primeiro episódio inteiro e não parei mais, maratonei todas as temporadas em pouco tempo, e viciei na série. O que eu mais gosto é esse jogo de poder e política que há em got, não se pode confiar em ninguém, é sensacional.
Sinopse: Game of Thrones é um seriado da HBO criado como a adaptação dos livros escritos por George R. R. Martin, reunidos na série As Crônicas de Gelo e Fogo (A Song of Ice and Fire), composta por sete volumes, cinco dos quais já publicados.Desde que estreou em 2011 na televisão, tornou-se a maior série da HBO, conquistando fãs em todo o mundo, fascinados por suas histórias de intrigas, luta pelo poder, pelo amor, pela honra e pela fortuna, anseios que permeiam a vida os habitantes dos ficcionais Sete Reinos de Westeros, em um tempo inspirado na Idade Média e permeado de elementos sobrenaturais.


4) Stranger Things: gente essa série é maravilhosa, sou apaixonada nos atores (principalmente as crianças) e acho a trama tão bem produzida, essa coisa de ficção científica com uma pegada anos 80 é tão viciante, desde do início já me conquistou, e essa segunda temporada conseguiu ser melhor que a primeira na minha opinião.
Sinopse: Uma declaração de amor aos clássicos sobrenaturais dos anos 80, Stranger Things é a história de um menino que desaparece sem deixar vestígios. Ao procurar por respostas, a família, os amigos e a polícia gradulamente mergulham num mistério envolvendo experimentos ultrassecretos do governo, forças sobrenaturais e uma estranha garotinha. O elenco de Stranger Things traz Winona Ryder, David Harbour, Finn Wolfhard, Millie Brown, Gaten Matarazzo, Caleb McLaughlin, Noah Schnapp, Natalia Dyer, Cara Buono, Charlie Heaton e Matthew Modine.


5) Lúcifer : eu comecei a assistir no final do ano, e gostei demais, achei super interessante a premissa de um diabo que se cansa do inferno e resolve vim para a terra , e passa a ajudar uma detetive a desvendar os crimes, achei diferente, e o protagonista, Lúcifer, é extremamente carismático, o que me conquistou logo no primeiro episódio. É uma série bem legal, dá  para distrair , até porque a premissa é leve, super recomendo.
Sinopse: Tom Ellis (da série Rush) estrela no papel-título de Lucifer, que, entediado e infeliz como o Senhor do Inferno, renuncia o seu trono e abandona o seu reino para ir para a cintilante loucura de Los Angeles, onde ele vai ajudar a polícia local a punir os criminosos. O elenco conta também com Lauren German (de Chicago Fire) como a detetive de homicídios da LAPD Chloe Dancer, que senta tanto repulsa quanto fascínio por Lucifer; Lesley-Ann Brandt (de Spartacus) como Maze, um demônio feroz que toma a forma humana de uma mulher e que é a melhor amiga de Lucifer; Kevin Alejandro (de Arrow) como Dan, um detetive de homicídios da LAPD bastante desconfiado de Lucifer; D.B. Woodside (de 24 Horas) como Amenadiel, um anjo enviado para Los Angeles para convencer Lúcifer a voltar para o Inferno; e Rachael Harris (de Suits) como Linda, a terapeuta de Lucifer. Lucifer é baseado nos quadrinhos do selo Vertigo (uma divisão da DC Comics). O personagem participa ativamente da narrativa "Estação das Brumas" de Sandman, do escritor Neil Gaiman, na qual ele deixa a chave do Inferno com Sonho dos Perpétuos. A série é uma produção da Warner Bros. TV, DC Comics e Jerry Bruckheimer Television.




Bom galera, espero que tenham gostado da lista. E vocês já viram alguma dessas séries? tem alguma para me indiciar?- Beijos, Carol!









Oii galera, tudo bem com vocês? Sei que a maratona literária de verão já começou, mas vim mostrar para vocês o que pretendo ler nela e antes tarde do que nunca, né non?! hahahaha Para quem não conhece, a maratona é organizada todo ano pelo Victor Almeida do canal Geek Freak. Esse é o primeiro ano em que participo, estou tão empolgadaaaaa, são dois reinos: Galtero, o reino formado por guerreiros e vikings e Arcania, que é formada por magos e feiticeiros. Euzinha aqui sou do reino Galtero (simboooooora reino hahahahaha) e vou mostrar quais livros escolhi para cada categoria, let's go:







Nessa categoria eu escolhi Um Corpo na Biblioteca da rainha do crime Agatha Christie, porque a autora é super popular, mesmo que muita gente não tenha lido nada dela, todo mundo conhece ela.



Eu escolhi Confissões de Inverno que é um livro que paguei 10 reais na Americanas.



Não é que só eu conheça o livro, mas quase nunca vejo o pessoal falando de A Linguagem das Flores e acho que irei gostar bastante.



Escolhi Lolita porque eu tenho medo tanto da escrita do autor quanto do tema que é bem polêmico, realmente não sei o que esperar do livro.



Vou repetir Confissões de Inverno que se eu não me engano ele foi indicado pela Aione do Minha vida literária, e lembro que ela tinha gostado bastante do livro.



Eu escolhi ler Sejamos Todos Feministas da Chimamanda, porque além de ser um assunto do qual eu me interesso muito a autora é nigeriana , então está tudo certo hahahaha .

Enfim gente, essa foi a minha TBR e não exagerei em nada, coloquei livros mais finos porque tenho medo de não cumprir, torçam por mim :)
E vocês estão participando? Pretendem ler o que ? São de quais reinos ?
- Beijos, Carol!





















Oii galera, tudo bem com vocês? Eu dei uma sumida, mas voltei e hoje vim mostrar para vocês as comprinhas que eu fiz nos últimos meses , comprei livros na Saraiva (que demorou muuuuito para chegar, misericórdia!) e na Amazon(melhor lugar do universo para comprar livros hahahaha). Resolvi unir tudo aqui porque não é tanta coisa (consegui me controlar) hahahaha. 



The Beauty of Darkness da Mary E. Pearson: esse é o último livro da trilogia maravilhosa chamada Crônicas de Amor e Ódio e eu já li e amei o desfecho, super recomendo para quem está procurando livros de fantasia, mas acredito que a maioria já conheça os livros.


Trilogia Firebird da Claudia Gray: comprei a trilogia Firebird na Amazon em uma promoção de frete grátis, paguei acho que uns 35 reais nos três livros e eu já queria fazia um tempinho, sei que tem viagem entre mundos, algo assim, e o pessoal comenta super bem, então vamos ver o que eu vou achar.


Box do Sidney Sheldon: acho que quem me acompanha está cansado de me ouvir falar que amo o Sidney Sheldon, que os livros dele são ótimos, que quero ler todos os livros dele publicados aqui no Brasil, e blablablabla hahahaha é que isso se chama amor de fã e sempre que eu tiver oportunidade eu vou falar dele aqui (até vocês enjoarem e começarem a ler algo dele hahaha) , quando vi que a Saraiva tinha lançado esse box eu comprei na hora até porque o "Se houver amanhã" é o meu livro favorito do autor e eu só tinha em uma versão de bolso, o único ponto negativo é que as folhas são brancas, mas fazer o que né, a gente releva.

Bom pessoal, fui super comportada nessas compras de fim de ano, me controlei ao máximo, eu comprei foi mais e-books mesmo, mas livros físicos foram só esses. E vocês, compraram muita coisa na Black Friday? E no natal? Aproveitaram as promoções?
- Beijos, Carol!








Oii galera, tudo bem com vocês? Como vocês puderam perceber eu estou a louca das listas hahahaha já fiz a minha lista de metas, de melhores livros de 2017 e acredito que virão mais algumas listinhas ao longo desse comecinho de mês (spoilers hahahaha). Hoje, eu vou falar um pouquinho para vocês sobre alguns livros que quero muito ler esse ano, então vamos conferir: 

1) Serial Killers: Anatomia do mal do Harold Schechter: Entre na mente dos psicopatas. O dossiê definitivo sobre assassinos em série. O que faz pessoas aparentemente normais começarem a matar e não pararem mais? O que move – e o que pode deter – assassinos em série como Ed Gein, o psicopata americano que inspirou os mais célebres maníacos do cinema, como Norman Bates (Psicose, de Alfred Hitchcock), Leatherface (O Massacre da Serra Elétrica, de Tobe Hooper) e Hannibal Lecter (O Silêncio dos Inocentes, de Jonathan Demme). Como explicar a compulsão por matar e o prazer de causar dor, sem qualquer arrependimento? De onde vem tanta fúria? As respostas estão no novo lançamento da editora DarkSide Books: Serial Killers – Anatomia do Mal, dossiê definitivo sobre o universo sombrio dos psicopatas mais perversos da história. Escrito por Harold Schechter – que pesquisa o tema há mais de três décadas e já publicou, inclusive, a biografia de Ed Gein (Deviant, 1998) -, o livro é referência fundamental a todos os que se interessam pelo universo da investigação e da criminologia. Pontuado por curiosidades macabras, dados científicos e fatos pouco conhecidos sobre a trajetória dos principais criminosos em série dos Estados Unidos, Serial Killers: Anatomia do Mal abrange desde a criação do termo serial killer no início do século XX até o fascínio exercido por assassinos em série na cultura pop (cinema, música, literatura). Com clareza, ritmo e muita informação, Harold Schechter traça perfis psicológicos impressionantes de criminosos que desafiaram a polícia, viraram notícia e continuam a nos assombrar nas telas da TV e do cinema. Além de Ed Gein, a galeria de personagens sinistros inclui a ex-prostituta Aillen Wuornos (inspiração para o filme Monster), que, depois de confessar seis assassinatos, pediu para ser condenada à morte para interromper a matança, o Assassino do Zodíaco (cuja verdadeira identidade é desconhecida até hoje), Charles Manson, o lunático que comandou o assassinato da atriz Sharon Tate em um ritual macabro , o canibal Jeff Dahme, que chegou a matar e devorar uma pessoa por semana no verão de 1991e Green River Killer, principal assassino de prostitutas da história, só capturado pela polícia com a ajuda de outro serial killer. Em Serial Killers: Anatomia do Mal você vai descobrir como eles matam e por que eles matam. Por amor, desespero, dor ou prazer. Por conta de famílias desfuncionais e infâncias perturbadoras. Em nome do demônio ou para o jantar… Histórias Reais, Assassinos Reais, de uma maneira que você nunca viu, estudados com rigor científico, profundidade e conhecimento psicológico. Um livro que vai atrair a atenção dos fãs das séries CSI, Criminal Minds, Dexter e do canal Discovery Investigation e de todos aqueles que querem entender o que se passa na mente dos assassinos mais temidos e cruéis de todos os tempos.

*esse livro era meu sonho de consumo, acho o tema extremamente interessante , e já li umas 100 páginas, é um livro ótimo, porém não é o tipo de leitura que você vai ler de uma vez só, tem que ler aos poucos para aproveitar melhor. 

2) Mil pedaços de você da Claudia Gray: Marguerite Caine cresceu cercada por teorias científicas revolucionárias graças aos pais, dois físicos brilhantes. Mas nada chega aos pés da mais recente invenção de sua mãe — um aparelho chamado Firebird, que permite que as pessoas alcancem dimensões paralelas. Quando o pai de Marguerite é assassinado, todas as evidências apontam para a mesma pessoa: Paul, o brilhante e enigmático pupilo dos professores. Antes de ser preso, ele escapa para outra realidade, fechando o ciclo do que parece ser o crime perfeito. Paul, no entanto, não considerou um fator fundamental: Marguerite. A filha do renomado cientista Henry Caine não sabe se é capaz de matar, mas, para vingar a morte de seu pai, está disposta a descobrir. Com a ajuda de outro estudante de física, a garota persegue o suspeito por várias dimensões. Em cada novo mundo, Marguerite encontra outra versão de Paul e, a cada novo encontro, suas certezas sobre a culpa dele diminuem. Será que as mesmas dúvidas entre eles estão destinadas a surgirem, de novo e de novo, em todas as vidas dos dois? Em meio a tantas existências drasticamente diferentes — uma grã-duquesa na Rússia czarista, uma órfã baladeira numa Londres futurista, uma refugiada em uma estação no meio do oceano —, Marguerite se questiona: entre todas as infinitas possibilidades do universo, o amor pode ser aquilo que perdura?

*gente, eu nunca li nada relacionado a viagem no tempo ou coisas do tipo, e esse livro estava com um preço super bom na Amazon e eu como sou a louca das promoções ( quem não né) comprei a trilogia, muita gente fala bem, e eu só li por cima a sinopse , mas acredito que seja ficção científica (me corrijam se eu estiver errada), além disse esse livro entra na minha meta literária de ler gêneros do qual não estou acostumada.



3) O amor em primeiro lugar da Emily Giffin: Uma tragédia familiar muda tudo na vida das irmãs Josie e Meredith. A tristeza torna-se algo recorrente, mas elas fazem de tudo para seguir em frente. E seguem... Quinze anos mais tarde, Josie e Meredith não têm um relacionamento harmonioso. As diferenças de personalidade delas, que já existiam antes da tragédia, estão ainda mais acentuadas. Elas se veem com frequência, mas não se entendem. Uma vida marcada pela tristeza velada e por segredos que as afastam cada vez mais. Será que Josie e Meredith vão conseguir se libertar de seus medos e se abrir para o novo? Será que, finalmente, elas conseguirão seguir em frente de verdade? “O Amor em Primeiro Lugar” é uma fascinante história sobre família, amizade e a coragem de seguir o próprio coração.
* eu nunca li nada da Emily, mas me falaram que os livros de romance dela são muito bons, e como tenho esse aqui porquê não ler né?! 



4) Loney do Andrew Michael Hurley: Quando os restos mortais de uma criança são descobertos durante uma tempestade de inverno numa extensão da sombria costa da Inglaterra conhecida como Loney, Smith é obrigado a confrontar acontecimentos terríveis e misteriosos ocorridos quarenta anos antes, quando ainda era criança e visitou o lugar.À época, a mãe de Smith arrastou a família para aquela região numa peregrinação de Páscoa com o padre Bernard, cujo antecessor, Wilfred, morrera pouco tempo antes. Cabia ao jovem sacerdote liderar a comunidade até um antigo santuário, onde a obstinada sra. Smith crê que irá encontrar a cura para o filho mais velho, um garoto mudo e com problemas de aprendizagem. O grupo se instala na Moorings, uma casa fria e antiga, repleta de segredos. O clima é hostil, os moradores do lugar, ameaçadores, e uma aura de mistério cerca os desconhecidos ocupantes de Coldbarrow, uma faixa de terra pouco acessível, diariamente alagada na alta da maré. A vida dos irmãos acaba se entrelaçando à dos excêntricos vizinhos com intensidade e complexidade tão imperativas quanto a fé que os levou ao Loney, e o que acontece a partir daí se torna um fardo que Smith carrega pelo resto da vida, a verdade que ele vai sustentar a qualquer preço.Com personagens ricos e idiossincráticos, um cenário sombrio e a sensação de ameaça constante, Loney é uma leitura perturbadora e impossível de largar, que conquistou crítica e público. Uma história de suspense e horror gótico, ricamente inspirada na criação católica do autor, no folclore e na agressiva paisagem do noroeste inglês. 
*essa capa e a sinopse me chamaram a atenção desde quando lançou, e numa das minhas "andanças" no sebo acabei achando essa belezinha, acabei comprando e aqui está pronto pra ser lido hahaha.



5) A linguagem das flores da Vanessa Diffenbaugh: Victoria Jones sempre foi uma menina arredia, temperamental e carrancuda. Por causa de sua personalidade difícil, passou a vida sendo jogada de um abrigo para outro, de uma família para outra, até ser considerada inapta para adoção. Ainda criança, se apaixonou pelas flores e por suas mensagens secretas. Quem lhe ensinou tudo sobre o assunto foi Elizabeth, uma de suas mães adotivas, a única que a menina amou e com quem quis ficar... até pôr tudo a perder. Agora, aos 18 anos e emancipada, ela não tem para onde ir nem com quem contar. Sozinha, passa as noites numa praça pública, onde cultiva um pequeno jardim particular. Quando uma florista local lhe dá um emprego e descobre seu talento, a vida de Victoria parece prestes a entrar nos eixos. Mas então ela conhece um misterioso vendedor do mercado de flores e esse encontro a obriga a enfrentar os fantasmas que a assombram. Em seu livro de estreia, Vanessa Diffenbaugh cria uma heroína intensa e inesquecível. Misturando passado e presente num intricado quebra-cabeça, A linguagem das flores é essencialmente uma história de amor – entre mãe e filha, entre homem e mulher e, sobretudo, de amor-próprio. 
*como já disse sou a louca das promoções, não posso ver um livro barato que compro no impulso hahaha e foi isso que aconteceu com esse livro, mas vi que ele tá com uma nota bem alta no Skoob, e acredito que irei gostar.



6) Um corpo na biblioteca da Agatha Christie: O corpo de uma jovem é encontrado no tapete da biblioteca dos Bantry, às sete da manhã. A vítima é uma completa desconhecida e o casal Bantry decide chamar as autoridades para investigar o caso — e também, é claro, Miss Marple, detetive amadora e amiga da sra. Bantry. Tudo se complica ainda mais quando chega até eles a notícia de outra adolescente morta, carbonizada dentro de um carro incendiado em uma pedreira. Qual será a possível conexão entre os dois incidentes?
*Agatha né mores, nem preciso falar muito, sou fã de suspense e romance policial e apesar de não ter gostando tanto de Assassinato no Expresso do Oriente eu estou super empolgada para ler esse daqui e me falaram que é um livro muito bom dela.



7) Um amanhã de vingança do Sidney Sheldon: O mundo de Tracy Whitney foi destruído. Sem mais nada a perder, ela está de volta. E com muita sede de vingança… Ela foi responsável por alguns dos roubos mais audaciosos do mundo, mas deixou o passado de crimes para trás, teve um bebê e passou a levar uma vida digna ao lado do filho. Porém, uma grande tragédia obrigou Tracy Whitney a enfrentar seu maior pesadelo. Agora, sem mais nada a perder e com uma sede implacável de vingança, Tracy está de volta à ativa e não vai descansar até encontrar a mulher que ela acredita ter destruído sua vida: Althea. Essa misteriosa figura é a pessoa mais procurada pela CIA e a cabeça da organização criminosa que pretende acabar com o capitalismo. Envolta em uma trama de corrupção e rodeada por inimigos disfarçados de aliados, Tracy precisará ir além de todos os seus limites e enfrentar seus maiores demônios para impedir uma guerra mundial. Impelida pela sede de vingança e com o futuro de tantas pessoas em suas mãos, até onde Tracy será capaz de ir quando não resta mais nada a perder?


8) A outra face do Sidney Sheldon: A outra face é um thriller psicologicamente intenso. Vencedor do Edgar Allan Poe, um dos mais importantes prêmios para escritores de mistério e suspense, o livro conta a história de Judd Stevens. Psicanalista bem sucedido, ele se vê subitamente imerso numa rede de intrigas que pode lhe custar a liberdade... e a vida. Duas pessoas de seu circulo pessoal foram assassinadas. Terá sido obra de algum de seus pacientes? Talvez um neurótico movido por uma louca compulsão? Entre os suspeitos estão uma atriz decadente e ninfomaníaca, um pai de família com tendências homossexuais, um empresário problemático, uma jovem misteriosa e, por que não, até mesmo o próprio Dr. Stevens... Se não conseguir penetrar na mente deste perigoso assassino, o psicanalista pode ser preso. Ou, algo ainda mais aterrador, ele pode ser a próxima vítima. Antes que o assassino volte a atacar, Dr. Stevens precisa revelar sua identidade e expor suas emoções, medos e desejos.



9) As areias do tempo do Sidney Sheldon: Arrojadas cenas de ação e complexos vilões cruéis são a marca registrada de Sidney Sheldon. Neste As areias do tempo, o mestre do thriller não decepciona e tece uma trama de perigo, paixão e incertezas, tendo como cenário um país fragmentado, sacudido por movimentos separatistas. Em cantos opostos desse sangrento conflito, o carismático líder guerrilheiro Jaime Miro e o corrupto e sádico repressor governista Coronel Ramón Acoca estão dispostos a morrer pelos seus ideais. Quando Miro liberta da cadeia dois companheiros separatistas do ETA, Acoca lidera a implacável perseguição. Desconfiado que o esconderijo dos revolucionários seja um convento numa região rural, o coronel ataca brutalmente o santuário. Quatro freiras são, então, arrancadas da paz da clausura e jogadas ao caos da turbulência política e, ainda, sentimental. Sob a liderança da irmã Lúcia, elas escapam para a floresta. Ali, a contragosto, são acolhidas por Miro e seu bando. Rumo a um local seguro, o exótico grupo necessita se dividir ao cruzar o país, melhor forma de despistar Acoca. Mas além de enganar seus perseguidores, as religiosas precisam, ainda, se acostumar com uma nova rotina. Sem a proteção da vida monástica, elas são vítimas de todo tipo de tentação. E a única forma de vencê-las parecer ser ceder...
*os três são do Sidney Sheldon e eu como fã do autor pretendo ler todos os livros dele publicado no Brasil, então sempre tenho livros dele nas minhas metas.



10) Lolita do Vladimir Nabokov: Irreverente e refinado, este é um dos romances mais célebres de todos os tempos. É também uma aventura intelectual que não deixa ninguém indiferente, um relato apaixonado de uma sensualidade alucinada, uma autópsia implacável do modo de vida americano. De um lado, um homem de meia-idade, obsessivo e cínico. De outro, uma garota de doze anos, perversamente ingênua. A química se faz e dá origem a uma obra-prima da literatura do nosso século. 'Lolita' é chocante, desafia tabus, escandaliza. O livro foi incorporado ao imaginário coletivo da modernidade, e até o nome da personagem tornou-se um substantivo corrente, provas do alcance e da genialidade do autor.
e por fim temos um livro clássico, polêmico e que eu estou mega curiosa para ler, eu já comecei a ler antes, estava achando "ok" ( nem gostando e nem odiando) porém parei a leitura na época devido as provas da faculdade e acabei não retomando.

 Então galera, espero que tenham gostado da minha lista. Quais livros vocês pretendem ler esse ano? Já leram algum desses que eu vou ler? Tem algum para me indicar?

- Beijos, Carol!





Oii galera tudo bem com vocês? Finalmente vim com as minhas melhores leituras de 2017, e os livros estarão por ordem de leitura e não de preferência, ok? ok!hahaha. Então, bora começar:

1)Por lugares incríveis da Jennifer Niven:Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los 
*esse livro "acabou" comigo, uma leitura tão forte e emocionante, que vai tratar sobre suicídio e depressão, temas tão necessários de serem comentados.

2) It : A coisa do Stephen King: Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e... do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Em 'It - A Coisa', clássico de Stephen King em nova edição, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.
*foi o meu primeiro contato com o autor, e comecei com o pé direito, achei a história incrível e apesar de ser um calhamaço em nenhum momento foi uma leitura cansativa.

3)  Socrates in love do Kyoichi Katayama e Kazumi Kazui: Baseado no romance Sekai no Chuushin de Ai wo Sakebu, de Kyoichi Katayama, Socrates in Love - O Amor Sobrevive ao Tempo, lançado pela Editora JBC, narra através do traço delicado, mas contundente, da desenhista Kazumi Kazui o trágico primeiro amor de um casal de adolescentes.O romance nasceu quando o escritor japonês Kyoichi Katayama, ao ler um livro de filosofia, deparou-se com a frase: o amor é uma forma de violência que obriga as pessoas a pensarem. Intrigado, ele decidiu criar uma história que simbolizasse a idéia. O livro mais vendido do Japão virou mangá e o sucesso de venda se repetiu, tanto no Japão quanto nos Estados Unidos. O enredo é tão forte e cativante que emocionou até a desenhista Kazumi Kazui que, a partir da metade da história, criou todos os desenhos com os olhos cheios de lágrimas. 
eu não sou de ler muitos mangás, mas esse conquistou meu coração, com um traço lindo e uma história sensível sobre o amor e as suas dificuldades eu me apaixonei pela história logo nas primeiras páginas.


4) A ira dos anjos do Sidney : Jennifer Parker realiza seu sonho ao ingressar na equipe do Promotor Distrital de Manhattan, em Nova York. Sua carreira, no entanto, dura exatamente quatro horas - tempo que leva para cair em uma cilada, durante o primeiro julgamento do qual participa. Acusada de suborno, vê seus projetos irem por água abaixo: além do risco de ter a carteira de advogada cassada. Jennifer pode passar o resto de seus dias na cadeia. Assim começa a história de uma jovem bonita e inteligente e dos homens que influenciam sua vida, entre eles o íntegro Adam Warner, destinado a ser um líder de seu país, e Michael Moretti, um anjo das trevas que procura espalhar suas asas de terror sobre tudo e todos. Considerada por muitos como a mais extraordinária criação de Sidney Sheldon.
eu amo esse autor , ele é meu favorito , nesse livro teremos uma história de vingança, sacadas inteligentes , ação e um final devastador ( no bom sentido), Sidney nunca me decepciona.



5) Fiquei com o seu número da Sophie Kinsella: A jovem Poppy Wyatt está prestes a se casar com o homem perfeito e não podia estar mais feliz... Até que, numa bela tarde, ela não só perde o anel de noivado (que está na família do noivo há três gerações) como também seu celular. Mas ela acaba encontrando um telefone abandonado no hotel em que está hospedada. Perfeito! Agora os funcionários podem ligar para ela quando encontrarem seu anel. Quem não gosta nada da história é o dono do celular, o executivo Sam Roxton, que não suporta a ideia de haver alguém bisbilhotando suas mensagens e sua vida pessoal. Mas, depois de alguns torpedos, Poppy e Sam acabam ficando cada vez mais próximos e ela percebe que a maior surpresa da sua vida ainda está por vir.
*gente, foi o meu primeiro contato tanto com a autora como com o gênero chick lit, e amei esse livro do início ao fim, uma história leve e engraçada,a protagonista se mete em cada situação, que olha, fiquei até com dó dela de tão constrangedor que era hahaha, já quero ler mais livros da autora.



6) Amante Sombrio da J. R. Ward: Uma Irmandade secreta, formada pelos seis vampiros mais fortes e poderosos defensores de sua raça está em ação em Caldwell, Nova York. E nenhum deles deseja a aniquilação de seus inimigos mais que Wrath, o líder da Irmandade da Adaga Negra.
Wrath é o vampiro de raça mais pura e ao perder um de seus mais fiéis guerreiros, que deixou órfã uma jovem mestiça (filha de pai vampiro e mãe humana) ignorante de sua herança e destino, não terá outra saída senão cuidar da bela garota e levá-la para outro mundo. Ela, Beth Randall, vê-se impotente em tentar resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente e sensual, que a visita durante a noite, envolto em sombras. As histórias dele sobre a Irmandade e o mundo dos vampiros a aterrorizam e fascinam. Seu simples toque faísca, um fogo que pode acabar consumindo a ambos
 eu amo o universo vampiresco e nas minhas pesquisas por livros com essa temática encontrei a série (enorme) da Irmandade da Adaga Negra e a autora me conquistou por trazer vampiros que fogem do clichê, com uma história diferente e que me agradou muito, apesar de ter o romance como foco, tem muita luta e ação também, tudo na medida certa.



7) Nunca Jamais da Colleen Hoover e Tarryn Fisher: Charlie Wynwood e Silas Nash são melhores amigos desde pequenos. Mas, agora, são completos estranhos. O primeiro beijo, a primeira briga, o momento em que se apaixonaram... Toda recordação desapareceu. E nenhum dos dois tem ideia do que aconteceu e em quem podem confiar.
Charlie e Silas precisam trabalhar juntos para descobrir a verdade sobre o que aconteceu com eles e o porquê. Mas, quanto mais eles aprendem sobre quem eram, mais questionam o motivo pelo qual se juntaram no passado.*pensa em um livro com um mistério do início ao fim, não conseguia parar de ler, tanto que li em um dia e peguei a continuação logo em seguida, as autoras trouxeram uma trama que envolve perda de memória entre os protagonistas e conseguiram me prender no livro do início ao fim, estou ansiosa pelo último livro da trilogia.




8) Outros jeitos de usar a boca: 'outros jeitos de usar a boca' é um livro de poemas sobre a sobrevivência. Sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade. O volume é dividido em quatro partes, e cada uma delas serve a um propósito diferente. Lida com um tipo diferente de dor. Cura uma mágoa diferente. Outros jeitos de usar a boca transporta o leitor por uma jornada pelos momentos mais amargos da vida e encontra uma maneira de tirar delicadeza deles. Publicado inicialmente de forma independente por Rupi Kaur, poeta, artista plástica e performer canadense nascida na Índia – e que também assina as ilustrações presentes neste volume –, o livro se tornou o maior fenômeno do gênero nos últimos anos nos Estados Unidos, com mais de 1 milhão de exemplares vendidos.
esse livro de poesias vai abordar temas como feminismo, amor, depressão, auto estima, traição, entre outros. E apesar de serem temas pesados a Rupi traz sutileza, sensibilidade, metáforas e analogias em uma experiência incrível de leitura, amo poesias que me trazem sensações diferentes e foi o que eu senti lendo esse livro, pretendo reler.



9) Se houver amanhã do Sidney Sheldon: A vida da jovem Tracy Whitney muda drasticamente quando, vítima de uma ação criminosa, ela é condenada por um crime que não cometeu. Rejeitada pelo homem que amava e abandonada à própria sorte, Tracy se vê sozinha em um mundo violento e sombrio. Depois de cumprir pena e ter de volta sua liberdade, ela só tem um objetivo: vingar-se dos homens que a colocaram injustamente na prisão. Para isso, ela se torna uma expert em disfarces e especialista em aplicar golpes em empresários inescrupulosos. Mas seus planos podem ir por água abaixo quando o destino coloca em seu caminho um poderoso rival, Jeff Stevens, um irresistível trambiqueiro.
*mais um livro do autor nas minha lista, e olha que essa foi uma releitura, com certeza continua sendo meu livro favorito do autor e um dos favoritos da vida, uma história com suspense, ação, reviravoltas e vingança, uma obra genial.







10) The beauty of darkness da Mary E. Pearson: (sinopse com spoilers) A trilogia Crônicas de Amor e Ódio chega ao fim de maneira arrasadora. A história de Lia inspirou muitos leitores a embarcarem em uma jornada extraordinária repleta de ação, romance, mistérios e autoconhecimento, em um universo deslumbrante criado pela premiada escritora Mary E. Pearson, onde o poder feminino é a força motriz capaz de mudar e fazer toda a diferença no novo mundo em construção. Lia sobreviveu a Venda, mas não foi a única. Um grande mal pretende destruir o reino de Morrighan, e somente ela pode impedi-lo. Com a guerra no horizonte, Lia não tem escolha a não ser assumir seu papel de Primeira Filha, como uma verdadeira guerreira — e líder. Enquanto luta para chegar a Morrighan a tempo de salvar seu povo, ela precisa cuidar do seu coração e seus sentimentos conflituosos em relação a Rafe e as suspeitas contra Kaden, que a tem perseguido. Nesta conclusão de tirar o fôlego, os traidores devem ser aniquilados, sacrifícios precisam ser feitos e conflitos que pareciam insolúveis terão que ser superados enquanto o futuro de todos os reinos está por um fio e nas mãos dessa determinada e inigualável mulher.
*e no finalzinho do ano consegui terminar de ler esse livro e finalizar a trilogia. E que trilogia! Com uma protagonista forte e feminina , Mary nos traz uma fantasia com tudo que temos direito: aventura, ação, romance, drama e mitologias. Terminei o livro já com saudades dos personagens. 

Bom galera, essas foram as minhas melhores leituras de 2017, espero que tenham gostado.
- Beijos,Carol !