Título: Para Sempre Alice

Autora: Lisa Genova

Páginas: 284


Editora: Nova Fronteira


Ano: 2015

Sinopse: Alice sempre foi uma mulher de certezas. Professora e pesquisadora bem-sucedida, não havia referência bibliográfica que não guardasse de cor. Alice sempre acreditou que poderia estar no controle, mas nada é para sempre. Perto dos cinqüenta anos, Alice Howland começa a esquecer. No início, coisas sem importância, até que ela se perde na volta para casa. Estresse, provavelmente, talvez a menopausa; nada que um médico não dê jeito. Mas não é o que acontece. Ironicamente, a professora com a memória mais afiada de Harvard é diagnosticada com um caso precoce de mal de Alzheimer, uma doença degenerativa incurável. Poucas certezas aguardam Alice. Ela terá que se reinventar a cada dia, abrir mão do controle, aprender a se deixar cuidar e conviver com uma única certeza: a de que não será mais a mesma. Enquanto tenta aprender a lidar com as dificuldades, Alice começa a enxergar a si própria, o marido, os filhos e o mundo de forma diferente. Um sorriso, a voz, o toque, a calma que a presença de alguém transmite podem devolver uma lembrança – mesmo que por instantes, e ainda que não saiba quem é.


Oii galera, Para Sempre Alice, vai contar a história de Alice uma mulher de 50 anos bem sucedida, ela é professora titular de psicologia em Harvard, publicou vários livros além de dar palestras em vários países, ela mora com seu marido John e tem três filhos (Anna, Tom e Lydia). Porém, ela começa a perceber que tem algo de errado com a sua saúde, inicialmente ela esquece aonde colocou determinados objetos ou qual aula ela tinha que dar, e ela liga esses fatos ao estresse da sua vida agitada. Mas, quando durante uma caminhada ela se perde perto da sua casa é que percebe que isso não é normal e vai à procura de um médico.

Após a consulta no médico Alice descobre que está com Alzheimer, a partir desse momento sua vida vira de cabeça para baixo : ela começa o tratamento para retardar o progresso da doença que não tem cura, sua vida profissional é abalada tendo que parar de dar aulas e palestras, ficando isolada dos amigos e contando com o apoio da família.

O livro é emocionante e profundo, narra com detalhes os estágios da doença e mostra como as pessoas são frágeis e tem suas vidas transformadas de uma hora pra outra. É uma leitura que faz repensar toda a sua vida e refletir sobre tudo. Alice é uma protagonista forte e determinada, que tenta lutar por sua vida e tenta aproveitar ao máximo de consciência que lhe resta.

A autora retrata como a doença vai avançando e a importância de termos nesse momento as pessoas que amamos ao nosso lado. Um ponto negativo para mim foi o marido da Alice, o John, na minha opinião ele era frio em relação à tudo e não demonstrava amor por sua esposa, no momento em que ela precisava dele, ele colocava a sua vida profissional acima de qualquer coisa, isso me dava muita raiva, mas fora isso não tenho mais nenhuma ressalva à fazer.

Esse livro é comovente, real e sensível, sendo necessário ler com calma para absorver cada palavra, cada sentimento e cada fragilidade. Se você gosta de livro com temas fortes, tristes que proporcionem uma reflexão, então com certeza gostará do Para Sempre Alice.



"Meus ontens estão desaparecendo e meus amanhãs são incertos. Então, para que eu vivo? Vivo para cada dia. Vivo o presente. Num amanhã próximo, esquecerei que estive aqui diante de vocês e que fiz este discurso. Mas o simples fato de eu vir a esquecê-lo num amanhã qualquer não significa que hoje eu não tenha vivido cada segundo dele. Esquecerei o hoje, mas isso não significa que o hoje não tem importância."




Espero que tenham gostado da resenha.
- Beijos, Carol !





Lembranças são as percepções mais bonitas do ser humano,porque elas são avisos de tudo o que vivemos sejam momentos felizes ou tristes. É através delas que revivemos instantes mágicos em nossa vida, elas nos dão forças quando achamos que não iremos suportar.

Relembrar é viver, sonhar, amar e se encantar, mas muitas vezes relembrar pode ser perigoso, triste e até mesmo doloroso. As lembranças são partes da nossa essência, mas elas podem ser cruéis quando esquecemos de viver a realidade e nos apegamos ao passado, isso faz com que uma parte de nós queira viver algo do passado quando tudo parecia mais belo e feliz, não vai me dizer que você não gostaria de estar com aquela pessoa novamente e passar por tudo juntos? Eu sei, é difícil de superar, mais do que isso você pensa que é impossível seguir em frente quando todos os dias antes de dormir você se lembra da história de vocês dois, daquela música que você ouvia pensando nele, dos beijos e brincadeiras compartilhadas, eu sei como isso dói e é por isso que te digo que as lembranças podem ser dolorosas quando não se tem controle sobre elas, mas você é forte e sei que conseguirá superar tudo isso e dar a volta por cima, não precisa ter pressa, cada um tem o seu tempo, mostre do que você é capaz, mostre que você pode e consegue superar e seguir em frente.

Porque, meu amor, você sabe de tudo o que viveu e sabe que não é qualquer coisa que pode ter derrubar, você não é feita de lembranças, você é feita de desejos, sonhos, alegria e principalmente feita da realidade. E as lembranças? Bem, elas estão com você, caminhando lado a lado, mas elas servem pra te mostrar tudo o que você viveu e o que ainda tem pra viver, elas estão lá pra te alertar dos seus erros, amores, desamores, amizades, aprendizagens e acima de tudo estão com você para te tornar uma pessoa determinada que sabe o que quer e que amadureceu o bastante pra tomar decisões e se abrir novamente para o belo e o novo, então meu bem não viva de lembranças, mas sim conviva com elas.

-Beijos, Carol!


Título: Lições de Amor

Autora: Ali Cronin

Páginas: 296

Editora: Seguinte

Ano: 2013

Sinopse:Donna sempre sonhou em ser atriz. Mas entre ela e seu sonho há um “pequeno” obstáculo: as provas finais de inglês. Para ser aceita em qualquer faculdade de teatro, ela precisa tirar uma boa nota nessa matéria, mas ao que tudo indica será reprovada. Assim, incentivada (para não dizer forçada) por seu pai, Donna vai atrás de um professor particular. Através de um anúncio na biblioteca, ela descobre Will, um universitário que ensina inglês para ganhar um dinheiro extra. Desde a primeira aula, Will percebe o potencial de Donna e a ajuda a enxergar Shakespeare sob uma nova luz. Mas o clima de romance não fica só nas frases escritas há mais de quatrocentos anos: Will é lindo, fofo, inteligente… e parece ter a mesma opinião sobre Donna. O problema é que esse sentimento reabre cicatrizes profundas no coração dela. Agora ela precisa decidir se irá se proteger — evitando que Will chegue perto demais — ou se colocará tudo em risco e abrirá de vez seu coração, para finalmente viver uma história de amor. Lições de amor é o quarto volume de garota.

Oii galera, hoje vou falar para vocês um pouco sobre o livro Lições de Amor da Ali Cronin que é um YA, esse é o quarto livro da série e foi um dos que eu mais gostei até agora. Nele nós iremos conhecer um pouco da história de Donna uma adolescente linda, festeira, cheia de atitude que tem como sonho ser atriz, porém há um pequeno detalhe: ela precisa tirar boas notas em inglês para conseguir entrar na faculdade de teatro, mas ao que tudo indica ela será reprovada por ser a matéria que ela tem maior dificuldade, então diante da pressão do seu pai e desesperada ela procura um professor particular, e no primeiro dia de aula ela conhece seu professor Will, um charmoso e atencioso universitário que dá aulas particulares nas horas vagas.

No decorrer da história vamos vendo os vários problemas enfrentados por Donna, como o esforço para conseguir boas notas, a relação com o Will que ela tenta evitar ao máximo por ele ser um cara mais velho, sua família e amigos. Na verdade ela é uma menina cheia de inseguranças e incertezas, que tenta passar uma imagem de "menina perfeita" quando na verdade aquilo é apenas uma fachada para que ninguém descobrisse a verdadeira Donna.

"Todos achavam que eu era uma garota superfeliz e de bem com com a vida. Sabe, ninguém é totalmente sincero - todos nós nos inventamos um pouco."

A autora soube muito bem fazer uma trama adolescente repleta de drama e romance com uma linguagem fácil que permite uma leitura rápida e gostosa. A narração é feita em primeira pessoa sob o ponto de vista da protagonista. Eu gostei do livro, me senti como se fosse amiga da Donna e compartilhei com ela cada problema e obstáculos superado, para mim só não foi perfeita a história porque eu senti que faltou um pouco mais de emoção.

Se você gosta de YA, repleto de problemas adolescentes, com protagonistas engraçadas e uma boa dose de drama e romance, então essa série é uma boa indicação, só aconselho a não ir com altas expectativas, pois esse não é aquele tipo de livro marcante, é mais um tipo de leitura descompromissada que serve para passar o tempo.

"E talvez um dia eu viesse a gostar de um cara, e ele perceberia que eu estava desesperada para que ele enxergasse através da superfície durona e encontrasse a verdadeira Donna. Talvez até gostasse do que encontraria. Aham, até parece. Vai saber."




Espero que tenham gostado da resenha.

- Beijos, Carol!




Oii galera, hoje trago pra vocês as músicas que eu mais ouvi durante o mês de Setembro. Em Setembro eu descobri bastante músicas e bandas novas. Então, vamos conferir quais as músicas que eu mais ouvi em Agosto, bora lá !

1) I Found - Amber Run, acabei descobrindo essa banda ao acaso, eles tem um estilo mais indie (eu amo esse estilo rs) e a letra dessa música é linda <3.




2) Human - Of Monsters and Men , essa foi a minha grande descoberta do mês, até agora não acredito que ainda não conhecia essa banda, já estou viciada em quase todas as músicas deles, é uma melhor que a outra, super recomendo pra quem curte o estilo indie.




3) Oriente - Linda Louca e Mimada, eu gosto bastante dessa música é uma das poucas que eu gosto desse estilo (rap), a letra é bem forte e marcante, e a voz leve da menina no refrão dá leveza à canção.




4) Trem - Suricato , conheci essa banda ouvindo a música deles ao acaso em uma rádio e já amei, a letra é bem bonitinha e o clipe é muito engraçado.




5) Good For You - Selena Gomez (feat. A$AP Rocky) , eu nunca fui muito fã da Selena não , mas estou gostando dessas últimas músicas que ela está lançando e essa é bem gostosinha de ouvir. 




6) Aqueles Olhos - Dom M , gente que delícia de música, to apaixonada por ela hahaha descobri ela através da novela I Love Paraisópolis e não parei mais de ouvir.





7) The Last Day - Moby , e a última música, mas não menos importante é The Last Day que eu ouvi muito durante o mês e ainda estou ouvindo bastante, ele é boa pra relaxar. 




Então gente, essas foram as músicas que eu mais ouvi durante Setembro, espero que vocês tenham gostado dessa playlist, vou tentar fazer todos os meses.

Beijos, Carol !














Título: Nascida à Meia-Noite

Autora: C.C. Hunter


Páginas: 315


Editora: Jangada


Ano: 2011


Sinopse: Kylie Galen está na pior. Seus pais vão se divorciar, seu namorado acaba de romper com ela e uma noite, depois de ser presa por estar na festa errada, com as pessoas erradas e na hora errada, é enviada pela mãe para Shadow Falls – um acampamento para adolescentes problemáticos, localizado numa cidade chamada Fallen, no meio de uma misteriosa floresta. Isso muda sua vida para sempre. Poucas horas depois de chegar, ela descobre, assustada, que seus colegas não são apenas “problemáticos”. Kylie nunca se sentiu normal, mas também não se considera como uma daquelas aberrações paranormais. Ou será que ela é? Em Shadow Falls, vampiros, lobisomens, metamorfos, bruxas e fadas aprendem juntos a desenvolver seus poderes, controlar sua magia e viver no mundo normal. No entanto, as coisas tomam um rumo diferente quando dois carinhas interessantes entram em cena. Derek, um fae que possui poderes mágicos, quer a todo custo ser seu namorado e Lucas, um lobisomem com quem ela partilha um passado secreto. De início, tudo o que Kylie deseja é sair de Shadow Falls e voltar para casa. Porém, com Derek e Lucas ocupando um lugar cativo em seu coração e depois de descobrir que ela própria tem estranhos poderes, talvez sua vida nunca mais volte a ser a mesma...


Inicialmente, comprei esse livro por estar em promoção o box com os cinco da série e também por ter essa capa maravilhosa. Quando comecei a ler o livro não dava nada por ele, achei que seria mais uma leitura qualquer, mas me surpreendi e de forma positiva, o livro é ma-ra-vi-lho-so, estou encantada por tudo desde o enredo até as personagens, esse mundo sobrenatural me conquistou.


O livro é YA com uma pegada sobrenatural que contará a história de Kylie, uma jovem de 16 anos que está tendo vários problemas: o namorado terminou com ela, seus pais estão se divorciando, ela vem tendo pesadelos e vê a imagem de um soldado que ninguém mais vê e para piorar ainda mais ela é presa por estar na festa errada e na hora errada. Após esses inúmeros acontecimentos sua mãe decide que a única opção é mandar ela à um acampamento para jovens problemáticos, o Acampamento Shadow Falls, porém esse acampamento não é o que parece e Kylie descobrirá isso mais cedo ou mais tarde.


"- Vocês sabem porque mudaram o nome do acampamento para acampamento Shadow Falls? ...
- Não....
- Por causa da lenda indígena de que, no crepúsculo, se você ficar de pé debaixo da cachoeira, pode ver as sombras dos anjos da morte dançando"

Na verdade, o acampamento é repleto de seres sobrenaturais como vampiros, lobisomens, bruxas, fadas, metamorfos, etc. Kylie acha então que está no lugar errado, pois não se parece em nada com as pessoas desse lugar. Porém ela perceberá ao longo da trama que ela não é normal e tentará descobrir  sua verdadeira identidade, contando com a ajuda de duas amigas a Della, uma vampira durona e protetora e Miranda, uma bruxa engraçadinha e atrapalhada, e é lógico que ela chamará a atenção de várias pessoas incluindo Derek um sexy meio fae (fada) e Lucas, um sedutor lobisomem, ambos tentarão conquistar a nossa protagonista, então faça as suas apostas hahahaha. 

Eu pensei que seria uma leitura mais parada por ser início de saga, pois geralmente temos a apresentação das personagens, do cenário, coisas desse tipo. Mas não é o que acontece com Nascida à Meia-Noite a leitura te prende do início ao fim e eu não queria parar de ler até chegar ao fim.


Na história tem muita ação, mistério, romance com direito a triângulo amoroso, suspense e é claro muitos seres sobrenaturais com uma pitada de humor que faz a leitura ser prazerosa e super rápida de se fazer. A construção das personagens é incrível eu me senti como se fosse amiga de cada um do acampamento,a protagonista é frágil e insegura, e nesse instante acompanhamos o seu percurso em busca de sua identidade e aceitação de que não é normal. Tá mais do que recomendado esse livro, se você não é acostumado com o gênero sobrenatural então é uma ótima dica começar por essa saga e se você assim como eu ama esse gênero então vai amar esse livro assim como eu amei.


"Sei que, para você, isso é difícil de aceitar. 
– Mais que difícil. Impossível. Não acredito... 
– Mas tem medo de perguntar, não é? Medo de perguntar porque está aqui, pois lá no fundo, sabe que pertence a esse lugar".


Espero que tenham gostado da resenha.

- Beijos, Carol!