Título: Não conte a ninguém 

Autor: Harlan Coben

Editora: Arqueiro 

Ano: 2009

Páginas: 240


Sinopse: Há oito anos, enquanto comemoravam o aniversário de seu primeiro beijo, o Dr. David Beck e sua esposa, Elizabeth, sofreram um terrível ataque. Ele foi golpeado e caiu no lago, inconsciente. Ela foi raptada e brutalmente assassinada por um serial killer. O caso volta à tona quando a polícia encontra dois corpos enterrados perto do local do crime, junto com o taco de beisebol usado para nocautear David. Ao mesmo tempo, o médico recebe um misterioso e-mail, que, aparentemente, só pode ter siso enviado por sua esposa. Esses novos fatos fazem ressurgir inúmeras perguntas sem resposta: Como David conseguiu sair do lago? Elizabeth está viva? E, se estiver, de quem era o corpo enterrado oito anos antes? Por que ela demorou tanto para entrar em contato com o marido?

Oii galera, hoje vim falar um pouquinho sobre o primeiro livro que eu li do Harlan Coben, estava com grandes expectativas , pois só ouço comentários positivos tanto sobre o autor quanto dos seus livros, e já fazia algum tempo que queria algo dele resolvi iniciar a leitura por "Não conte a ninguém".

O livro contará a história do Dr. David Beck e sua esposa Elizabeth, tudo se inicia quando no dia da comemoração do primeiro beijo ele e sua esposa sofrem um grave ataque: ela é raptada e assassinada por um serial killer e ele é golpeado e jogado em um lago inconsciente.

"Gostaria de poder contar que, através da tragédia, descobri algum princípio absoluto, desconhecido e impactante que pudesse transmitir. Não foi o que aconteceu. Os clichês são todos válidos - o que realmente conta são as pessoas, a vida é preciosa, o materialismo é valorizado demais, as pequenas coisas são as que importam, viva o momento -, e posso repeti-los exaustivamente. Você poderá ouvir, mas não vai conseguir internalizar o que eu disser. A tragédia é pessoal. Ela fica gravada na alma. A gente deixa de ser feliz. Mas se transforma numa pessoa melhor."

Após alguns anos, David ainda luta contra a dor do luto, porém tudo volta à tona quando são achados dois corpos na mesma propriedade em que sua esposa foi encontrada morta, a partir desse momento a polícia volta a fazer investigações reabrindo em David feridas que ainda não havia sido cicatrizadas desde a morte de Elizabeth.

Tudo se torna mais assustador quando o doutor recebe um e-mail com informações que só Elizabeth e ele sabiam, isso faz com que David comece a duvidar de tudo o que ele sabe e tenha esperanças de que sua amada possa estar viva, ele entra em uma aventura para saber o que realmente aconteceu aquele dia no lago e quanto mais entra a fundo nesse mistério mais descobre que nem tudo é o que ele imaginava.

Iniciei  leitura desse livro sem saber o que esperar, e de início fiquei meio confusa, porque o leitor é apresentado a várias histórias e personagens diferentes que vão se conectando ao longo da trama. Temos uma narrativa em primeira pessoa sob o ponto de vista de David e quando o autor fala sobre os outros personagens a narrativa passa para a terceira pessoa. Com uma escrita precisa e bem estruturada Harlan soube construir personagens envolventes dando a todos a mesma importância no enredo, outro ponto interessante é que a histórias aparentemente desconexas no começo da leitura se tornam interligadas e dependentes no decorrer da leitura.

Algo que senti falta na leitura foi que ela não provocou tantas reviravoltas como eu achei que teria, na verdade em alguns pontos é bem previsível o rumo dos acontecimentos não há tantas surpresas assim, mas no geral eu gostei e pretendo ler mais livros do escritor.

Com uma trama repleta de suspense, mistério e ação do início ao fim Harlan soube deixar o leitor ansioso a cada página para saber os rumos dos acontecimentos e o desfecho final, porém não espere muitas reviravoltas e surpresas e não vá com altas expectativas para não se decepcionar. Mas, no geral foi um livro que me agradou e indico para quem assim como eu curte um mistério e suspense bem escrito e desenvolvido.

"Algumas coisas a gente empacota, enfia no fundo do armário e espera não ver nunca mais - mas não consegue dispensar. Como sonhos, acredito."



Espero que tenham gostado da resenha!
- beijos, Carol!





Título: Segunda chance, volume 1

Autor: Ademir Garcia

Editora: All Print

Ano: 2014

Páginas: 262


Sinopse: Até onde você estaria disposto a ir para lutar pela chance de refazer sua vida? Saulo sumiu por conta própria há 10 anos atrás e agora está de volta. Ele quer recuperar sua vida. Mas como moldar um futuro se seu passado está sempre tão presente ? Tina teve o noivo assassinado e tem medo de ser feliz de novo. Como ser feliz se ela teme se entregar a um novo relacionamento? Ricardo é um stripper que quer mais da vida, mas como querer mais se o prazer da vida que leva o acomoda? Joana é um dona de casa infeliz e apegada ao passado. Mas como ser feliz se ela mesma constrói a própria infelicidade? Américo é um senhor de idade, que mantém uma misteriosa plantação de rosas. O que essas rosas significam tanto pra ele? Conforme essas cinco pessoas vão se cruzando, e vivendo acontecimentos fora de controle, eles irão perceber que para ter uma segunda chance não basta querer: é preciso merecer!

Oii galera, a resenha dessa vez é do livro "Segunda chance" do Ademir Garcia que vai contar a história de diferentes personagens que tem apenas algo em comum: a vontade de recomeçar, de poder ter uma segunda chance. Nele conhecemos a história de cinco pessoas diferentes que não estão satisfeitas com o rumo no qual suas vidas tomaram.

"- A vida é assim. Você precisa aprender a caminhar de novo... se não nunca vai se levantar e vai ficar pra trás..."

Inicialmente conhecemos Saulo, que retorna à sua cidade após 10 anos desaparecido e ele quer que sua vida volte a ser como era antes, porém nem tudo está como ele havia deixado e se ele quiser as coisas de volta ao normal precisará se esforçar ao máximo para conseguir. Após Saulo, conhecemos Tina que é sua irmã e que depois te ter perdido o noivo em um assassinato nunca mais foi a mesma e sempre viveu em um período de luto que a fez se fechar para o mundo. Conhecemos também a história do avô, o senhor Américo, que mantém uma plantação de rosas, ninguém sabe o motivo da plantação, mas essas rosas significam algo a mais. 

Os outros dois personagens que são apresentados durante a trama não tem ligação entre si e nem com os anteriormente mencionados na resenha: o primeiro é Ricardo que vai pra cidade grande em busca de uma chance de se dar bem na vida, mas acaba virando stripper para poder se sustentar e percebe que nem tudo é tão fácil como parece. E a última personagem que faz parte do livro é a Joana que é uma infeliz dona de casa que não vive uma situação boa com o marido e percebe que talvez ela tenha feito as escolhas erradas quando ainda era uma adolescente, apegada ao passado ela percebe que se tivesse feito escolhas diferentes seu futuro poderia ser diferente.

No decorrer da trama, vamos vendo os dilemas enfrentado por cada um dos protagonistas e como eles tentam consertar a vida que levam, as escolhas que fazem, suas decepções e seus objetivos, narrado em terceira pessoa os capítulos se alternam sob o ponto de vista de cada protagonista. Um ponto que eu não gostei, foi o Ricardo, ele me irritou demais, foi aquele tipo de personagem que eu não conseguia gostar, eu até tentava entender o que ele fazia, mas não dava, eu simplesmente não concordava com as sua escolhas e ficava as vezes perplexa com as suas atitudes.

O livro em si é muito bem escrito e estruturado, o autor com uma escrita forte e direta soube fazer o leitor entrar na história e compartilhar os dramas com as personagens, mas acima de tudo a mensagem essencial que o livro me passou foi que são as nossas escolhas que refletem a vida que temos e que jamais devemos desistir daquilo que queremos, devemos lutar pelos nossos sonhos, há uma segunda chance para todos, mas cabe a cada um de nós sermos merecedores e saber aproveitar.

A leitura, não foi só um passatempo, foi aquele tipo de livro que deixou uma mensagem para mim e após termina-lo fiquei ansiosa pela continuação, pois fica tudo muito aberto e preciso saber qual será o desfecho de cada personagem, espero que o autor lance logo a continuação.

Sendo assim, "Segunda chance" foi um livro em que me identifiquei com alguns personagens e com os outros nem tanto, foi uma leitura leve mas ao mesmo tempo densa, em que concordava e discordava ao mesmo tempo, foi um dos livros mais conflituosos que eu li esse ano e que dividiu minha opinião, mas o que ficou pra mim como uma certeza é que vale a pena a leitura para cada um tirar por si só sua própria conclusão e entender que a vida é uma constante aventura em que vivemos momentos bons e ruins.

"- Amar é isso Tina. É arriscar, assumindo aquilo que sente e entrando de cabeça em cada momento sem pensar no final. É se machucar, sabendo que mesmo assim por alguns momentos você foi feliz e que apesar de tudo valeu a pena."



Espero que tenham gostado da resenha.
- Beijos, Carol!


*livro cedido em parceria com o autor, muito obrigada!



Oii galera, hoje tem playlist nova para vocês e dessa vez é tudo o que eu ouvi em Novembro, e como não poderia ser diferente eu descobri nesse mês artistas que eu não conhecia , continuei ouvindo músicas de artistas que eu já conheço e amo, então vem conferir comigo tudo o que eu ouvi durante esse mês.

1) Adore - Jasmine Thompson, vou começar minha playlist falando dessa cantora que eu descobri recentemente e já é uma das minhas queridinhas, gente ela tem apenas 14 anos e a voz dela é maravilhosa hahaha fiquei pasma com isso.


2) Run - Jasmine Thompson, eu tinha que colocar mais música dela aqui, tô curtindo muito as músicas dela que não são enjoativas e são bem gostosas de ouvir, ela manda muito bem nas suas músicas, além dos clipes terem essa "pegada" mais natural que fica lindo.


3) Amo você - Jads e Jadson, eu gosto de sertanejo, mas ultimamente não tenho ouvido muito, porém Jads e Jadson me conquistaram com essa música e essa letra beeeeem apaixonada mesmo hahaha.
 


4) How deep is your love - Calvin Harris & Disciples, sempre tem que ter uma música mais animada na minha playlist e durante novembro eu ouvi muito essa do Calvin Harris, que super combina com esse verão né mesmo.


4) Centuries - Fall Out Boys, gente eu adoro essa música e a letra dela é também muito boa, conheci ela em novembro e não parei mais de ouvir.


5) Amores Imperfeitos - Skank, eu sou fã da banda, as músicas deles são simples e não deixam de ser lindas, e essa eu já conhecia faz tempo, mas sempre tá nas mais tocadas no meu celular.


6) Sosseguei - Jorge e Mateus, outra dupla sertaneja na minha playlist, mas essa dupla eu acompanho já faz tempo, desde os primeiros sucessos deles e não tem música deles que eu não goste, amo todas.


7) Hello - Adele, e pra fechar com chave de ouro, enfim Adele que depois de algum tempo lançou música nova pra gente <3 amo essa voz dela poderosa e a canção como sempre é linda , ela arrasa sempre, já estava com saudades hahaha.



Espero que vocês tenham gostado da minha playlist de novembro.
- Beijos, Carol!


Título: Mente vazia, oficina de Deus!

Autor: Caio Costa

Editora: Chiado

Páginas: 97 páginas

Ano: 2015

Sinopse: Eu havia recebido uma instrução do meu Eu Superior, quando estava em meditação, de que eu deveria escrever um livro, mas não sabia o que e nem como escrever, então não dei muita atenção a isso. Até que alguns dias depois brotou o título do livro, e novamente veio junto a orientação de materializar o que havia de chegar a mim, enfim ai comecei a escrever, sob a orientação da Consciência Divina, tudo fluiu claramente. É tempo de grandes mudanças energéticas no planeta e em cada um de nós, é tempo de iluminar todas as sombras que nos habitam. As mensagens expressas do Divino e materializadas neste livro nos instruem a vivermos despertos, seguros, em paz, felizes, nos mostram nossa verdadeira essência, convidando-nos a firmarmos no amor Divino que a tudo integra e principalmente nos ensinam que o vazio e a quietude não são um nada a ser temido, mas sim, um santuário de comunhão com Deus a ser procurado. Este é um livro capaz de transmutar padrões.


Oii galera, a resenha de hoje é um pouco diferente, porque o livro "Mente vazia oficina de Deus" é um livro de mensagens positivas e reflexivas daquelas que fazem você questionar como tem levado a sua vida e te motivar a ser uma pessoa melhor todos os dias.

O mais legal desse livro é que o autor não está te convencendo a ter uma religião ou algo do tipo como o título possa fazer sugerir, na verdade o que ele quer é que possamos viver de forma melhor, cada vez mais próximo de coisas boas como a família e os amigos e que possamos ter uma mente aberta a todas as coisas que acontecem conosco.

"Não crie expectativas em relação a nada nem a ninguém, expectativas não correspondidas geram sofrimento, esteja sempre e completamente no momento presente. A vida acontece no agora."

Outro ponto interessante abordado pelo Caio e nos mostrar o poder da meditação, através das curtas e simples frases, pude perceber o quanto a meditação é algo lindo e mágico que transcende o indivíduo e chega a sua essência, fiquei com muita vontade de conhecer mais sobre esse universo.

Por ser um livro curtinho e com frases, eu aproveitava para ler de manhã, para começar o dia bem e com boas energias. A escrita do Caio é fácil e modesta  e é isso que faz com que o livro não perca a sua simplicidade e atinja a todos os públicos, não há restrição de idade para a realização da leitura.

Para quem gosta de livros que transmitam mensagens e pensamentos motivadores e reflexivos, esse livro agradará bastante, o autor soube como nos tocar de uma forma leve e sútil e nos fazer rever nossos conceitos, aprender com os erros e agradecer as coisas boas que nos acontecem.

"Se baste, se ame, você não precisa de nada e nem de ninguém para ser feliz, seu Ser interno é a felicidade eterna. Assim quando aparecer um relacionamento atraído por seu campo energético, será para vocês partilharem essa felicidade eterna residente em cada um."



Espero que tenham gostado da resenha.
- Beijos, Carol!



*livro cedido em parceria com o autor, muito obrigada!


Título: Histórias em Retalhos 

Autora: Nina B. Prescott

Páginas: 75

Ano: 2015


Sinopse: Histórias em Retalhos é uma coletânea de contos intrínsecos e sinceros que narra a história de uma mãe introspectiva, o amor de uma irmã pelos irmãos bastardos, uma garota apaixonada e uma filha que enfrenta dificuldades com a perda dos pais. A coletânea aborda de forma sensível o sentimento mais singelo de todos: o amor.



Oii galera, hoje tem mais um resenha de um livro de parceria, to muito feliz de estar com essas várias parcerias de pessoas tão maravilhosas. Só que essa é uma leitura diferente, pois "Histórias em retalhos" é um livro de contos e poesias, que vai contar várias histórias curtas que tem como tema central o amor em suas várias faces e formas, além disso a autora traz no final do livro uma seleção de poesias lindas, é um livro apaixonante.

"A vida é maravilhosa se não se tem medo dela.Charles Chaplin disse, mas Lia retrucou: Então sou uma tremenda covarde."

Por ser um livro de contos todas as histórias são curtinhas então não posso falar muito pra não estragar a essência do livro. Mas, vou falar dos meus contos preferidos "Rosas de cabeceira" temos uma mãe que ama a sua filha, mas não consegue demonstrar seu amor por ela, esse foi o que mais me emocionou, porque vai muito além dessa relação entre mãe e filha e nos mostra o quanto é difícil dizer o quanto amamos alguém. "Os filhos do meu pai" trará ao leitor um tema mais polêmico que vai ser o que uma irmã pode fazer para ficar perto dos seus irmãos, até aonde podemos ir para se ter por perto as pessoas que amamos, mas a Nina traz de uma forma leve e cativante.

Um outro conto que eu amei foi "QueridoLouis" que traz aquela temática de amor adolescente, quando nos apaixonamos por alguém e sentimos aquele frio na barriga e ao mesmo tempo alívio quando contamos aquela pessoa que estamos apaixonados e o que acontece quando somos rejeitados ou não e como lidamos com isso. 

"Queria voar como os pássaros e poder correr sem sentir dor e perder o fôlego."

A Nina nos traz um livro incrível, com contos que provocam um turbilhão de emoções no leitor, a cada conto lido sentimos algo diferente e foi isso que me fez amar esse livro e me encantar por cada detalhe dele. A escrita da autora é um misto de sentimento e poesia uma coisa linda de se ler. No final ela ainda nos traz uma playlist para escutarmos fazendo a leitura do livro e também como disse no começo da resenha temos a presença de poemas feito pela própria autora além dela explicar o que motivou a escrever cada um deles e  de onde veio a inspiração para a composição dos seus contos.

Se você assim como eu, ama contos e poesias então esse livro foi feito para você, com sensibilidade e uma escrita maravilhosa Nina nos encanta e nos deixa com um gostinho de quero mais.

"Acróstico
Arranquei as palavras de sua boca e
Conheci seus pensamentos mais íntimos.
Refiz os meus conceitos sobre o que sentia por você para simplesmente
Ouvir suas palavras ociosas.
Só para obedecer aos anseios do meu coração desesperado.
Toquei em seu rosto e senti conforto.
Incontroláveis sentimentos me invadiram e fechei os olhos. 
Contei seus sussurros e 
Olhei para você bem fundo porque te enxerguei com as palavras."


Espero que tenham gostado da resenha.
- Beijos, Carol !


*livro cedido em parceria com a autora, muito obrigada!



Oii galera, tudo bem com vocês?  Novembro foi mês da black friday e por incrível que pareça eu consegui me controlar e comprei apenas três livros, todos eu comprei na Americanas (loja física) que estava com uns preços bem legais. Então vamos conferir quais foram as minhas aquisições de novembro.

Ps: perdoem a qualidade das fotos, quando passei pro meu computador elas ficaram mais escuras :/




Não Conte a Ninguém do Harlan Coben, gente pra quem não sabe eu amo livros de suspense e ação, amo tanto que o meu escritor favorito é Sidney Sheldon que escreve livros desse gênero e pra quem não conhece eu recomendo muito. Por incrível que pareça eu nunca li nada do Harlan Coben e já fazia algum tempo que queria ler algo dele porque só vejo elogios positivos, então aproveitei que esse livro estava mais barato e aproveitei pra comprar e se vocês repararem ele está com algumas marcações porque é minha leitura atual e eu estou gostando bastante, quando terminar faço resenha pra vocês.



Como Eu Era Antes de Você da Jojo Moyes, comprei esse livro porque acho que quase todo mundo já leu ele menos eu hahaha e nunca vi ninguém comentado mal dele, eu não sei muito do que se trata a história em si, porque quando um livro fica muito comentado eu evito ler sinopses e coisas desse tipo porque senão vou com muitas expectativas na leitura e tenho medo de me decepcionar e o legal é que vai ter adaptação cinematográfica desse livro então mais um motivo pra ler.


Eu Estive Aqui da Gayle Forman, esse livro eu já queria desde quando tinha lançado, achei muito interessante a sinopse e espero gostar muito da história, vamos ver se ele vai atingir as minhas expectativas, porque estou esperando muito desse livro e não quero me decepcionar.


Bom galera, esse foi meu mini Book Haul, evitei comprar ao máximo porque tenho muito livro para ler, mas não consegui resistir hahaha. Espero que tenham gostado e me digam se já leram algum desses ou se querem ler.

- Beijos, Carol !









Título: O Herdeiro de Eddon

Série: Reino das Sombras, volume 1

Autor: M. P. Telles 

Páginas: 243 

Ano: 2015

Sinopse: O embrulho chegou meio surrado na casa número treze da rua das Gamélias. Era uma manhã cinzenta de domingo e alguma coisa estranha pairava no ar. Hugo Tomas estava completando seus quinze anos, e de tudo que ele esperava receber na manhã de seu aniversário, nada se parecia com o que havia dentro daquele embrulho sem remetente. Mal sabia que aquele estranho embrulho trouxera junto uma força obscura, que poderia mudar o rumo do mundo dos humanos e daqueles que ele ainda não havia conhecido.



Oii galera, hoje tem mais uma resenha pra vocês de um livro que li no comecinho de novembro que é "O Herdeiro de Eddon" uma fantasia que contará a história de um mundo perdido (Eddon), os habitantes desse extinto mundo agora vivem entre os humanos, mas de forma discreta para não serem descobertos entre esse seres temos bruxas, vampiros , fadas, entre outros. A história se inicia com o protagonista da história Hugo, um menino que no seu aniversário de 15 anos recebe um misterioso embrulho que fará com que ele descubra um pouco mais sobre esse antigo reino.

Mas, como nem tudo é fácil, Hugo descobrirá que alguns habitantes de Eddon querem dominar o mundo dos humanos sob o comando de um poderoso vilão Sillas que não medirá esforços para destruir os seres humanos e conseguir poder e imortalidade. Mas, o nosso pequeno protagonista contará com a ajuda de um vounir chamado Moris que é uma espécie de protetor que ajudará Hugo a salvar o seu mundo e manter o equilíbrio que ameaça ser desfeito.

"Existe apenas três regras básicas que você deve aprender nesse momento:
1- Tempos obscuros se aproximam, então a coragem é fundamental para poder viver.
2- A morte pode estar ao seu lado, mas a vida vence qualquer medo.
3- Nem tudo é o que parece e nem tudo que parece é o que é."

O livro por ser introdutório traz apenas a apresentação das personagens e do mundo fantástico, na minha opinião o autor poderia ter abordado um pouco mais sobre o passado de Sillas e Moris, mas isso não tira o encanto do livro e apenas deixa o leitor com mais curiosidade para saber o porquê dessa eminente guerra entre o mundo no qual conhecemos e os habitantes de Eddon. A linguagem do Telles me surpreendeu bastante por caracterizar tudo nos mínimos detalhes isso ajuda o leitor a imaginar melhor a história. 

Por ser o primeiro de uma série, esse é um livro de iniciação, de mostrar ao leitor tudo o que ainda tem por vim, apresentação das personagens e o início do conflito. A trama tem essa pegada fantasiosa, porém em alguns momentos ela tem um tom sombrio o que ficou muito bom, já estou esperando ansiosa pelo próximo livro para saber qual vai ser o rumo da história.

"Nós somos depois da morte o que deixamos enquanto vivos, um legado, uma esperança, um porque. Não vivemos apenas para deixar o mundo mais bonito, vivemos para deixar esperança e história para aqueles que virão depois. Sabe porque os humanos vivem tão futilmente? Porque apenas vivem por viverem e conquistarem o que eles querem usufruir quando vivos. Mas o povo de Eddon vive para deixar uma continuidade para quem virá."



Espero que tenham gostado da resenha.
-Beijos, Carol !

*livro cedido em parceria com o autor, muito obrigada!