Título: Pérolas e Bugigangas

Autora: Flávia Polo 

Editora: Gráfica Pallotti

Páginas: 152

Ano: 2016

Sinopse: Na juventude vivemos os sentimentos mais intensos e mais confusos também! A busca de sentido na vida, a decepção com os amigos, a descoberta do amor, a importância da família, a caminhada atrás do seu lugar no mundo. Tudo isso é pura emoção que vivenciamos em diferentes níveis nesta fase, e que eu tentei traduzir em palavras. Este livro é resultado dos muitos diálogos que se passaram pela minha cabeça antes de virarem textos, e pretende trazer uma reflexão sobre esta fase tão particular e especial. Não proponho apenas a leitura, mas também alguns exercícios que vão servir para pensar no caminho percorrido até agora e na longa estrada que ainda está por vir. Está preparado para embarcar nesta aventura para dentro de si?
*Livro cedido em parceria com a escritora

Oii galera, hoje vou falar pra  vocês sobre o livro "Pérolas e Bugigangas" da Flávia Polo um livro que através de pequenos textos e citações procura nos ensinar a superar as dificuldades, a pararmos um pouco com nossa vida e refletir como estamos conduzindo-a, se estamos fazendo as escolhas corretas e no que erramos, esse é aquele livro pra você reler sempre que necessário, é como uma espécie de conselheiro que está ali pra lhe auxiliar quando você precisar.

"Deve-se ser prudente, mas saber tomar riscos, audaz, mas humilde, estar aberto às oportunidades, mas seletivo nas escolhas. Deve-se abraçar um desafio com toda a confiança do mundo, mesmo sem saber ao certo para onde estes passos estão te levando."

Flávia Polo, nos trouxe um livro que aborda temas como amor, amizade, família, trabalho e como tudo isso está interligado, nos transformando. Além disso ela traz pequenas atividades para fazermos no próprio livro que condiz com a mensagem que ela quer passar o que é muito legal, pois se torna interativo.

Ao longo da leitura somos apresentados à diversas histórias reais em que me sentia a protagonista de tanto que me identificava com aquilo que lia, é muito gratificante quando me encontro em um livro. A escritora me ganhou com sua escrita linda, poética e tranquila, soube me passar um bela mensagem do início ao fim, sentia que ela estava me aconselhando.

"Pérolas e Bugigangas" não é um livro de auto-ajuda nem nada disso, o seu objetivo e ponto principal é aconselhar as pessoas e tentar mostrar o melhor caminho a se tomar, um livro sincero que fala de tudo e mais um pouco, super indico pra quem quer um leitura mais leve e rápida mais ao mesmo tempo com um conteúdo maravilhoso e super atual.

"Escolha ser feliz. Escolha ser humilde. Escolha ser caridoso. Escolha ser ético. Escolha ser persistente. Escolha ser corajoso. Escolha ser coerente. Escolha ser humano. Seja, realmente, humano."




Espero que tenham gostado da resenha.
- Beijos, Carol!







Oii galera, hoje tem Book Haul pra vocês com tudo que eu recebi/comprei durante fevereiro e março, como não foi muita coisa resolvi juntar os dois meses para ficar um post maior, então vamos começar:



Borboletas: O Caminho da Guerra da Daniella de Mattos Rodrigues, eu recebi esse livro de parceria com a Editora Chiado, foi a minha solicitação de fevereiro, e um dos primeiros livros que chegou.


Complicado demais da S. C. Stephens, esse é o segundo volume da trilogia Rock Star, como eu gostei muito do primeiro livro (resenha do primeiro livro) resolvi comprar logo a sua continuação, porém eu ainda não li :/


A Estranha Mente de Seth da Alana Gabriela, eu recebi esse e-book de parceria com a autora e pelo que eu li a sinopse me parece ser muito interessante, além disso gostei dessa capa, achei diferente.


Retratos de Uma Vida da Naty Rangel, eu recebi esse livro também de parceria com a autora e ele é cheio de ilustrações lindas <3


Pérolas e Bugigangas da Flávia Polo, a escritora entrou em contato comigo perguntando se poderia me enviar o livro e é lógico que eu respondi que sim né hahaha e recebi essa belezura que é um livro interativo com pequenas histórias.



Vade Mecum da Rideel, e por último, mas não menos importante eu comprei o meu primeiro Vade Mecum *-* umas das melhores compras que eu fiz esse ano, pra quem não sabe eu faço direito e estou no 3º período do curso e esse ano eu senti a necessidade de comprar esse enormeeeeee livro que contém todas as leis, porque todo estudante de direito sabe que o vade mecum é indispensável na nossa vida hahaha.


Espero que tenham gostado do Book Haul.
- Beijos, Carol!










Título: Retratos de uma vida

Autora: Naty Rangel

Editora: Nova Terra

Páginas: 236

Ano: 2015

Sinopse: Retratos de Uma Vida narra a história da fotógrafa Jennifer Torres, seus conflitos de início da vida adulta, a conquista do emprego dos sonhos e a descoberta do amor. Um livro que experimenta a fórmula teen dos dramas americanos em nossa cultura, trazendo uma história repleta de superações e reviravoltas. Jennifer precisa superar a perda dos pais e a traição de um namorado com sua melhor amiga logo na adolescência. Mas o tempo, e o irmão inseparável, dão a força que ela precisa para superar esses eventos. O emprego dos sonhos é a primeira de muitas conquistas, e é só o começo de uma sessão de flashes emocionantes em sua vida profissional e amorosa. A jovem estará prestes a conquistar o coração de alguém bastante improvável no seu campo de trabalho, e terá que lutar para passar por cima dos obstáculos desse amor. Um romance com os melhores momentos ilustrados, para você não perder nenhum click.

Oii galera, a resenha de hoje é desse livro muito amorzinho que recebi de parceria com a Naty Rangel, "Retratos de uma vida" contará a história de Jennifer Torres, uma jovem que sempre batalhou pra ter tudo na vida, guerreira e determinada ela vê a oportunidade de trabalho perfeito como fotógrafa em uma das revistas mais famosas do Brasil só que no dia da sua entrevista de emprego ela se depara com seu chefe que à primeira vista passa uma imagem de alguém arrogante e superior, porém Jennifer descobrirá que as aparências enganam e que encontramos o amor aonde menos esperamos.

Jennifer é uma jovem que desacreditou no amor após alguns fatos e traumas que aconteceram na sua vida e na qual o leitor não tem consciência do que seja (inicialmente). Ela morava no exterior e após perder os pais em um trágico acidente de carro ela veio para o Brasil com seu irmão Luke recomeçar a sua vida e esquecer seu passado turbulento. Já Victor seu chefe é um homem responsável, sexy e sedutor, acostumado a ter tudo o que quer na vida inclusive ficar com qualquer mulher que quisesse, e com a Jennifer parece ser diferente de tudo o que ele já teve na vida e acredita que realmente encontrou alguém por quem vale a pena lutar.

"Eu não consigo parar de pensar em como ela fica linda quando sorri, é impossível ouvir sua gargalhada sem querer sorrir também."

No decorrer da história vamos conhecendo um pouco mais sobre a vida da protagonista e como ela se envolve com Victor, como a raiva que ela sentia por ele se transforma em amor, mas mesmo assim para ela é difícil acreditar que aquilo é real devido a sua grande decepção amorosa, também é apresentado ao leitor todas as situações que ela passa tanto na vida profissional como pessoal.

Com uma escrita fácil de entender e cativante a escritora Naty trouxe uma história narrada em primeira pessoa sob o ponto de vista de ambos os protagonistas, como eles tem em comum a fotografia o livro é cheio de ilustrações que representa clicks da vida deles, isso deixa ainda mais atrativa a leitura. Além disso a autora trouxe personagens secundários encantadores que enriquecem mais ainda o enredo.

"Retratos de uma vida" não é um simples romance como pode parecer à primeira vista, esse é um livro que tratará do amor é lógico, mas falará também de uma forma natural sobre homossexualismo e questões mais sérias como agressão, entre outras coisas que se eu citar aqui perde toda a surpresa do livro. Mas, o que posso adiantar é que esse livro merece ser lido, primeiramente por ser nacional e devemos dar mais credibilidade aos nossos autores brasileiros e sem contar que é um livro que nos passa uma lição de moral sobre superação e de se abrir e confiar mais nas pessoas.

"-Desculpe se eu sou insistente, mas é que eu acho que por você vale a pena tentar, vale a pena não desistir mesmo que você me peça por isso."




Espero que tenham gostado da resenha!
- Beijos, Carol!







Título: Borboletas, O caminho da guerra

Autora: Daniella de Mattos Rodrigues

Editora: Chiado 

Ano: 2015

Páginas: 338

Sinopse: - Você está bem?
- Estou Tyler, estou. Você sabia, não sabia?
- Do que?
- Dos testes, você sabia, não?
- Do que você está falando?
- Quero que seja sincero comigo. Você sabia que Muscovy faria o Teste 741 comigo?
- Sim.
- Que obvio, não é mesmo? A única que não sabia era eu. A verdade é que sou muito mais esperta que vocês dois juntos, e olha que tenho apenas quatorze anos. Vocês não tem ideia do que me causam. Parabéns, Tyler, parabéns! Você e Muscovy conseguiram dar mais prazer ainda à minha vitória!
- Hayley, pare com isso, era o único jeito.
- Era o único jeito do que? De me enganar? Ou de provar que sou mais burra que você? Ah, desculpa se eu decepcionei você. É exatamente como eu disse a Muscovy quando acertei aquela faca: “sejamos honestos, não tentem me desafiar, infelizmente não fui treinada para isso, mas sei como agir.” Tyler, eu sei como agir! – disse isto e me afastei. Minhas pernas pesavam, escutava Tyler me chamar, mas continuei me distanciando. Eu queria ficar sozinha, eu precisava ficar sozinha.
*livro recebido em parceria com a editora.

Oii galera, hoje vou falar pra vocês um pouquinho sobre o livro "Borboletas" da Editora Chiado, como vocês podem perceber a sinopse é ao mesmo tempo sugestiva e misteriosa, porque ela não conta nada sobre o que se trata o livro e aguça a curiosidade do leitor para saber. Pois bem, a história basicamente contará a vida de Hayley e Tyler dois adolescentes que após descobrirem que o país Diant's está em guerra e que a escola em que eles estudam está fechada decidem partir em uma missão para conversar com o presidente e pedir que as aulas retornem, no entanto eles acabam entrando na guerra para defender o país.

"A guerra é um conflito que não sabemos quando ou onde vai começar, mas sempre temos a responsabilidade de lutar por um povo que depende de nós."

Hayley, a protagonista da história, é uma jovem adolescente que fica revoltada ao saber que no primeiro dia em sua nova escola ela não terá aula, pois o país está em guerra, nesse mesma ocasião ela conhece Tyler que estuda na mesma escola, após ambos conversarem um pouco e perceberem que a situação não podem continuar assim, eles decidem que está na hora de tomarem uma decisão: ir até San't Lemon falar com o presidente para exigir a retomada das aulas. Então, após mentirem para seus pais eles vão até o quartel onde o presidente Muscovy se encontra, porém o que eles não imaginavam é que seria uma peça fundamental para Diant's ganhar a guerra.

Após se disfarçarem de soldados eles conseguem falar com Muscovy, no entanto após várias perguntas relacionadas a guerra o presidente percebe que ali naquele dois adolescentes há grande potencial para vencer a batalha, nesse momento Hayley e Tyler começam a participar da guerra dando coordenadas, participando de treinamentos, organizando os soldades e auxiliando a população.

A ideia inicial do livro parecia ser interessante, se fosse bem desenvolvida e trabalhada, mas na minha opinião dois adolescente participando da guerra e sendo mais inteligente e corajoso que o próprio presidente e sendo os responsáveis por tudo me pareceu forçado demais, além disso a autora começou bem no início, mas no meio do livro até o final foi tudo desandando: personagens mal construídos, situações que não se encaixavam, a história ficou com pontas soltas e confusa. Esperava bastante desse livro, pois como disse no começo da resenha a sinopse deixa um mistério no ar e achei que seria uma história arrebatadora e não foi o que aconteceu.

Devo destacar que teve alguns pontos positivos na trama como por exemplo a personagem principal, da qual eu gostei muito, Hayley é segura, carismática, inteligente, feminista e não desiste dos seus objetivos, ela é literalmente uma guerreira que não se preocupa só com questões políticas, mas também faz de tudo para ajudar o seu povo. Outro ponto positivo é o final da história que meio que deixa o leitor pensando se terá ou não uma continuação e qual foi o destino da protagonista é aquele tipo de final que deixa aberto a várias interpretações, o que foi sensacional. O livro conta com uma linguagem fácil e é narrado em primeira pessoa pela protagonista, é legal citar que a cada início de capítulo temos frases de poetas, cantores, filósofos, entre outros.

"Minha inocência tinha ido embora, mas em troca eu tinha ganhado confiança - confiança para enfrentar monstros e, muito melhor, coragem para entrar em uma guerra, ir além do meu limite. Eu realmente havia conseguido."

"Borboletas" é um livro sobre guerra, mas mais do que isso é uma história que mostra a importância que os adolescentes tem para um futuro de um país e que devemos sempre lutar por aquilo que acreditamos e jamais desistir, tinha tudo para ser uma leitura fantástica, mas infelizmente foi para mim decepcionante, lógico que com algumas ressalvas.

"Acho que a parte mais difícil da guerra é o modo que temos de nos enfrentar. É como se a guerra não fosse contra alguém, mas contra nós mesmos; nós mesmos lutando contra nossos pensamentos e o medo, porque o medo é o que realmente nos impede muitas das vezes de ir para frente e continuar."



Espero que tenham gostado da resenha.
- Beijos, Carol!