Título: Viva a/à Poesia

Autor: Jean Carlo Barusso 

Editora: Madre Pérola

Páginas: 112

Ano: 2016

Sinopse: Jean Carlo Barusso é uma eterna obra de arte inconclusa. Vaga pelo mundo correndo atrás de seus mais altos sonhos, aprimorando cada vez mais seus conhecimentos e técnicas, ao mesmo tempo em que se encanta sempre que um novo questionamento vem à tona. Amante de todas as formas de arte, este jovem escritor já perambulou pela música, pelas artes plásticas e agora encontra-se imerso na arte da escrita. Dentro desta obra encontra-se grande parte desse poeta, músico, e, particularmente, grande amigo. Se para Jean a publicação é a realização de um sonho, para quem o viu surgir, é uma amostra do resultado de um esforço sem igual, daqueles que só quem acredita mesmo em uma causa se submeteria. Lembro-me de diversas discussões em que ele defendia intensamente seus sonhos, enquanto eu, no meu excesso de ponderação, adicionava um novo “e se” a cada situação que ele imaginava. Realização pessoal para quem o escreveu, este livro é, por outro lado, uma grande lição para quem acompanhou todo o processo de produção dele. Uma lição expressa na clássica frase do autor: “Nada vai dar certo se você ficar pensando: “E se?” Daniel Sartori, músico.

Oii galera, enfim voltei, estou meio sumida do blog, mas estou tentando me organizar (sou meio desorganizada) , mas vim aqui hoje pra falar de um livro tão lindo, encantador, repleto de sentimento e emoção, estou falando de "Viva a/à Poesia" do autor Jean Carlo Barusso, eu recebi esse livro de parceria com o autor e gente que amor de livro, sou apaixonada por poesia e com toda a certeza o Jean já entrou para a minha lista de autores favoritos desse gênero.

Lema

Conhecer
O desconhecido
Redescobrir
O esquecido

O livro contará com poesias dos mais diversos temas e formas, desde de pequenos versinhos até a sonetos, e essa diversidade me agradou bastante, já que deixa o livro mais dinâmico e não fica preso em um padrão. E os temas são bem diversificados também, eu fiquei encantada com a forma que o Jean tenta retratar os sentimentos através de palavras, é poético, é metafórico , é lindo.

Sempre

Eu sempre 
Me entrego 
Sempre erro
Nunca nego
Nem nunca
Me desespero 
Faço sempre 
O que quero 

Sou apaixonada por poesias, e tentei ler o mais devagar possível, tentando absorver cada palavra, cada verso e cada estrofe. E, quando terminei, queria mais, se essa era a proposta do escritor deixar o leitor "com gostinho de quero mais" ele então atingiu seu propósito com êxito.

Viva a/à Poesia me deixou apaixonada, encantada, nostálgica ..... são inúmeros adjetivos que eu poderia colocar aqui e mesmo assim não seria suficiente para explicar a grandiosidade da obra e tudo o que ela provocou em mim. Para quem assim como eu ama poesia esse livro vai cair como uma luva então, eu indico muito, muito mesmo. E, espero que o Jean faça mais obras e compartilhe elas com o mundo, ele é incrível, foi uma honra poder ler o livro dele, gratidão define.

(des)encontros

Neste mundo
De desencontros
De gente que 
Não sabe viver
Pra se encontrar
Tem que se perder



Espero que gostem da resenha.
- Beijos, Carol!


Oii galera, olha eu de volta aqui com as leituras de Agosto, não li tantos livros igual em julho, mas foram leituras legais e vou contar um pouco pra vocês sobre cada livrinho lido:

O Ano em que te Conheci da Cecelia Ahern, recebi esse livro de parceria com a Editora Novo Conceito e foi o meu primeiro contato com a autora e eu amei , um livro que nos passa várias lições de vida, com uma história cativante, Aqui conheceremos a história de Jasmine e Matt, dois vizinhos diferentes e que não se suportam, mas que devido algumas circunstâncias começam a se ver e conviver diariamente e é através disso que eles irão rever tudo o que eles fizeram na vida e começar um processo de tentar ser alguém melhor.Esse livro me conquistou com essa premissa e li bem rápido, fiquei encantada com a escrita da autora.(Resenha)

Um Caso Perdido da Colleen Hoover, gente eu sou apaixonada em New Adult e fiquei me perguntando o porquê de não ter lido esse livro antes, o que mais me chamou a atenção é que aqui não tem nada de clichê, a Colleen criou uma história com personagens problemáticos e explorou temas diferenciados que eu particularmente não estou acostumada a ver em um livro desse gênero, além disso o livro tem váriaaaas reviravoltas. Aqui, conheceremos um pouco da vida de Sky, ela é uma adolescente que vive com sua mãe adotiva e nunca se apaixonou por ninguém, sua vida começa a mudar quando ela entra no colégio (ela sempre estudou em casa) e conhece Holder, um menino misterioso que ao mesmo tempo que a encanta desperta nela caláfrios, Holder esconde alguma coisa, mas Sky também, e juntos eles descobrirão que alguns segredos podem ser devastadores. Eu gostei muito, muito, muito, com certeza eu preciso ler mais coisas da autora, eu fiquei tão empolgada com esse livro que li em um dia e meio.(Resenha)

Os Assassinos do Cartão-Postal do James Patterson e Liza Marklund, tá aí minha decepção do mês, estava tão animada pra ler um suspense daqueles cheio de ação e com mistério que prendem a gente de uma maneira que você não quer largar de jeito nenhum sabe?! Mas , pra mim esse livro não funcionou, acho que foi porque logo no início já sabemos que é o assassino e a história basicamente fica no lema do personagem principal tentando capturar os assassinos e estes tentando fugir da polícia, além disso o motivo pelo qual eles praticavam o crime não me covenceu, uma pena eu não ter gostado, porém faz parte da nossa vida de leitor hahahaha.(Resenha)

A Lista Negra da Jennifer Brown, e pra fechar o mês bem, eu li o maravilhoso A Lista Negra e gente que história viu: forte, intensa, sensível e dramática, eu me envolvi muito com a protagonista e igual eu disse na resenha eu tinha vontade de entrar no livro e dizer que estava do lado dela e que ela não estava sozinha, uma história incrível. Nesse livro conheceremos a Val que tem sua vida drasticamente mudada quando o seu namorado Nick realiza um massacre na escola em que eles estudam, ele só para de atirar nos alunos quando atinge a Val se suicidando logo em seguida, o problema é que o que motivou esse massacre foi uma lista que eles criaram com os nomes de todas as pessoas que praticavam bullying com os dois, e a trama será na nossa protagonista enfrentando todo esse caos, já que alguns a consideram culpada e outros acham que ela também é uma vítima, então a escritora vai trabalhar em cima dessa situação de readaptação, bullying, insegurança e solidão. Triste, porém nos passa uma mensagem linda de superação e recomeços, recomendo muito.(Resenha)



Bom galera, essas foram as minhas leituras de Agosto, espero que gostem.
- Beijos, Carol!









Oii galera, na verdade o Book Haul de Agosto é de Julho, eu acabei esquecendo de mostrar dois livros que chegaram para mim bem no finalzinho do mês,daí acabei achando que tinha recebido em Agosto hahahaha. E esses dois livros recebidos foram de parceria com a Editora Novo Conceito, e já tem resenha de ambos no blog:


Sérgio Moro: O Homem, O Juiz e o Brasil do Luiz Scarpino, solicitei esse livro com a editora, pois queria poder entender tudo o que vem acontecendo no nosso país e saber como isso pode nos afetar, e o livro foi bastante esclarecedor com relação ao assunto, além de ter uma linguagem super fácil de compreender, indico muito para quem tem interesse no tema. 

O Ano em que te Conheci da Cecelia Ahern, gente eu nunca tinha lido nada da autora e tinha muito curiosidade já que o pessoal comenta bem dela, então tive a oportunidade de solicitar esse livro, e comecei com o "pé direito" eu amei a história,o desenvolvimento e a escrita da autora, ela traz ao leitor um enredo envolvente tratando sobre assuntos como superações e a importância de se redescobrir, com certeza pretendo ler mais livro da Cecelia. 

Bom galera, como eu disse, esses livros eram para estar no Book Haul de Julho e eu acabei fazendo confusão, porque em Agosto eu não comprei e nem recebi nada, mas pelo menos eu atualizei vocês aqui, espero que gostem das minhas aquisições :)

- Beijos, Carol!