Oii galera, tudo bem com vocês? "Tô" num momento retrospectiva ainda e nada melhor para ilustrar isso do que mostrar para vocês as melhores leituras que eu realizei em 2016. Foram mais ou menos 35 livros lidos (espero ler mais esse ano). E, vamos ao que interessa e conferir quais os melhores para mim, está na ordem de leituras: 

1. Fazendo Meu Filme, Paula Pimenta
Sinopse: Tudo muda na vida de Fani quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima.“Fazendo meu filme” nos apresenta o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em um outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades.
* Eu amei esse livro e me surpreendi com a escrita da Paula ela escreve muito bem, foi um YA que me conquistou pela simplicidade e pela forma como a Paula conduziu o enredo, com personagens cativantes, foi um nacional que virou meu queridinho. Com certeza continuarei a série.

2. Como Eu Era Antes de Você, Jojo Moyes
Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.
* Minha gente, como eu chorei com esse livro, no final eu parei a leitura porque não conseguia parar de chorar, e olha que é difícil eu chorar com livro. Com uma escrita envolvente e com mensagens lindas sobre aproveitar a vida e dar valor nas pessoas que amamos, uma história triste e ao mesmo tempo apaixonante, com certeza me marcou muito.


3. Escolhida Ao Anoitecer, C. C. Hunter
Sinopse: (sinopse contém spoilers pois esse é o último livro de uma série) Um final surpreendente para a Saga Acampamento Shadow Falls! O inimigo mais poderoso de Kylie retorna para destruí-la de uma vez por todas, mas ela finalmente assume seus plenos poderes e passa por uma transformação que vai surpreender todos ao seu redor. Mas a jornada de Kylie não será completa até que ela faça uma escolha final: a quem vai finalmente se entregar de corpo e alma? Será que escolherá Lucas, o lobisomem que partiu seu coração, mas faz tudo para reconquistá-la, ou Derek, o meio fae que abriu mão do relacionamento entre eles, mas agora diz que a ama? Tudo o que Kylie aprendeu em Shadow Falls a preparava para este momento, quando o destino lhe revelará por fim quem terá a chave do seu coração.
* Que amor de livro, que amor por essa série, eu comecei a me encantar pelo Acampamento Shadow Falls em 2015 e em 2016 eu me despedi encantada pelos personagens e pela história. Para quem gosta de YA com fantasia vai amar essa saga, se prepare para se apaixonar pelas bruxas, lobisomens , vampiros e fadas.


4. Eu e Você, Ali Cronin

Sinopse: (sinopse contém spoilers pois esse é o último livro de uma série) Um ano se passou desde esse início de Garota <3 Garoto, e Sarah está mais madura e experiente. Disposta a superar o passado, ela voltou a namorar seu melhor amigo, Ollie. Porém, por mais que o relacionamento pareça ótimo, Sarah está atordoada, cheia de dilemas e questionamentos. Depois que seu pai perde o emprego, Sarah tem de abrir mão das últimas férias de verão antes do começo da faculdade, para ajudar com as despesas da família. Enquanto lida com as mudanças em casa, a expectativa pelas notas finais e a impossibilidade financeira de ir para a Grécia com os amigos, Sarah torna-se próxima de Jackson, seu colega do trabalho na livraria. Os dois descobrem que têm muito em comum, e essa amizade confunde ainda mais a garota. Afinal, será Ollie realmente o amor da vida dela? E como ficarão as coisas quando os dois forem para a faculdade? Sarah precisa descobrir um jeito de lidar com todas as inseguranças, sem esquecer dos seus amigos do coração.
* Outra série finalizada durante o ano que se passou (momento nostalgia hahahaha) morro de amores por essa série, e acredito que não seja o melhor livro que você vai ler na vida, mas eu tenho um sentimento muito bom pela série em si, porque me apeguei aos personagens e me senti ali junto com eles sofrendo por cada drama vivido. Um YA que a cada livro trata de um tópico diferente como depressão, bullying , homossexualismo e muitos outros temas.


5. The Kiss Of Deception, Mary E. Pears
Sinopse: Plante ilusões e você colherá do mundo grandes decepções. A força feminina é a grande estrela neste romance de Mary E. Pearson. Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas – menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro? O primeiro volume das Crônicas de Amor e Ódio evoca culturas do nosso mundo e as transpõe para a história de forma magnífica. Através de uma escrita apaixonante e uma convincente narrativa, o romance de Pearson é capaz de mudar a nossa concepção entre o bem e o mal e nos fazer repensar todos os estereótipos aos quais estamos condicionados. É um livro sobre a importância da autodescoberta, do amor e como ele pode nos enganar, e de uma protagonista em busca de sua liberdade e felicidade a qualquer custo.
* Acredito que talvez esse livro seja um dos mais comentados durante o ano, estava todo mundo falando que o livro era ótimo, então resolvi comprar e ver o que eu achava. E galera, foi uma experiência incrível, uma história com uma pegada mais medieval com reis e rainhas, em um tempo aonde se rezavam para vários deuses, repleto de mitologia e crenças. Um livro com ação, aventura e romance, de uma princesa forte e independente que larga todas as tradições do seu reino e vai em busca do seu lugar no mundo.

6. Um Caso Perdido, Colleen Hoover
Sinopse: Sky cataloga garotos como sabores de sorvete. Alguns são baunilha, outros um pouco mais ousados. Mas nenhum a empolga. Em seu último ano de escola, conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.
* Em 2016 foi um ano que conheci vários autores novos, e a Colleen é um desses, já tinha esse livro fazia um tempão na minha estante, mas sempre ficava enrolando para lê-lo. E esses é um daqueles casos em que eu fico pensando "porque demorei tanto para ler esse livro?" de início você pensa que é um New Adult clichê desses que a gente já está acostumado, mas no meio da história acontece uma reviravolta e tudo muda, e ocorrem vários acontecimentos, e minha gente eu não conseguia largar o livro enquanto não chegasse ao final, super recomento para que curte um New Adult que foge do clichê, só não falo mais nada porque qualquer coisa pode ser um spoiler, mas vale muito a pena. 


7. A Lista Negra, Jennifer Brown
Sinopse: E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas.
* Outro livro que me marcou, profundo, devastador e ao mesmo tempo lindo e repleto de superação, a história trata principalmente do bullying e de como ele pode afetar as pessoas. De forma sensível e sutil a autora traz uma trama envolvente e forte, e eu tive aquele tipo de conexão de quando a gente se apega muito ao livro e se sente dentro da história, tinha momentos que eu parava a leitura para dar uma respirada de tão pesado que era tudo o que a protagonista vivia, foi assustador, mas incrível também.


8. Viva A/À Poesia, Jean Carlo Barusso
Sinopse: Jean Carlo Barusso é uma eterna obra de arte inconclusa. Vaga pelo mundo correndo atrás de seus mais altos sonhos, aprimorando cada vez mais seus conhecimentos e técnicas, ao mesmo tempo em que se encanta sempre que um novo questionamento vem à tona. Amante de todas as formas de arte, este jovem escritor já perambulou pela música, pelas artes plásticas e agora encontra-se imerso na arte da escrita. Dentro desta obra encontra-se grande parte desse poeta, músico, e, particularmente, grande amigo. Se para Jean a publicação é a realização de um sonho, para quem o viu surgir, é uma amostra do resultado de um esforço sem igual, daqueles que só quem acredita mesmo em uma causa se submeteria. Lembro-me de diversas discussões em que ele defendia intensamente seus sonhos, enquanto eu, no meu excesso de ponderação, adicionava um novo “e se” a cada situação que ele imaginava. Realização pessoal para quem o escreveu, este livro é, por outro lado, uma grande lição para quem acompanhou todo o processo de produção dele. Uma lição expressa na clássica frase do autor: “Nada vai dar certo se você ficar pensando: “E se?” Daniel Sartori, músico.
* Mas é lógico que tinha que ter um livro de poesias nessa lista, eu sou uma fã do gênero, mas confesso que não é qualquer tipo de poesia que me agrada não, tem que ter sentimento, você saber que o autor escreveu aquilo vindo do coração e não só pra vender, e foi isso que eu senti com o Jean e é por isso que foi uma das melhores leituras.


9. Três Vezes Nós, Laura Barnett

Sinopse: Uma jovem mulher com uma bicicleta quebrada após desviar de um cão. Um homem que ela poderia facilmente ter deixado passar, sem parar, levando consigo uma vida inteira, uma vida que poderia nunca ter sido dela. Eva Edelstein está no segundo ano do curso de Inglês na Universidade de Cambridge. Ela namora David Katz, estudante e aspirante a ator. A vida de Eva parece bem encaminhada, quando, no campus da universidade, ela conhece acidentalmente Jim Taylor, estudante frustrado de direito. Há três versões, três realidades diferentes para o futuro de Eva e Jim, dos anos 1950 até os dias atuais. Se o nosso futuro é uma encruzilhada, gostaríamos de saber qual caminho seguir? E depois, ficaríamos felizes com a nossa escolha? Três vidas. Três histórias. Três destinos... permeados com traições e ambições, mas também com amor e arte. Três vezes nós explora a ideia de que há momentos em nossas vidas que poderiam ter sido diferentes e como pequenos fatos ou decisões que tomamos podem determinar o rumo da nossa vida para sempre.
* Esse livro eu li no finalzinho do ano ,e me pegou de surpresa, primeiro pela forma como a autora traz a história: são três versões, com os mesmos protagonistas, mas com escolhas diferentes e destinos diferentes. E, essa é a proposta da autora, de nos mostrar como as nossas decisões e escolhas influenciam o nosso destino e o futuro, é mostrar que a vida é bonita, mas nem sempre é assim, é aprender com os erros, e mostrar que o amor pode ser um dos sentimentos mais puros e fortes da humanidade.


Sete Minutos Depois da Meia-Noite, Patrick Ness
Sinopse: Conor é um garoto de 13 anos e está com muitos problemas na vida. A mãe dele está muito doente, passando por tratamentos rigorosos. Os colegas da escola agem como se ele fosse invisível, exceto por Harry e seus amigos que o provocam diariamente. A avó de Conor, que não é como as outras avós, está chegando para uma longa estadia. E, além do pesadelo terrível que o faz acordar em desespero todas as noites, às 00h07 ele recebe a visita de um monstro que conta histórias sem sentido. O monstro vive na Terra há muito tempo, é grandioso e selvagem, mas Conor não teme a aparência dele. Na verdade, ele teme o que o monstro quer, uma coisa muito frágil e perigosa. O monstro quer a verdade. Baseado na ideia de Siobhan Dowd, Sete minutos depois da meia-noite é um livro em que fantasia e realidade se misturam. Ele nos fala dos sentimentos de perda, medo e solidão e também da coragem e da compaixão necessárias para ultrapassá-los.
* E o último livro dessa minha lista foi um amor de leitura, daquelas cheias de lições de vida, ensinamentos e reflexões, que fazem você querer ser uma pessoa melhor e procurar aproveitar ao máximo as pessoas na qual você ama. Com certeza, foi uma ótima leitura para finalizar o ano.


Bom galera, essas foram as leituras que mais me marcaram em 2016. Espero que vocês gostem.
- Beijos, Carol!















8 Comentários

  1. Respostas
    1. OiiLu, é um livro maravilhoso e emocionante. Tenho certeza de que irá gostar.
      - Beijos, Carol!

      Excluir
  2. Oi, Carol!!
    Lista maravilhosa!
    Desses eu li um caso perdido e tbm amei ♥
    Tenho o de Paula, Como eu era antes de você e The kiss of deception, mas ainda não li. Muito bom saber que entrou para sua lista de melhores leituras!

    Bejinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Thay, menina leia esses livros esse ano ainda hahahahahah espero que goste deles , igual eu gostei.
      - Beijos, Carol!

      Excluir
  3. Oi xará! Tbm li 35 livros em 2016! hahahah
    Olha, da sua lista eu só li Como eu era antes de você. Não cheguei a chorar mas fiquei com o coração pesado no final...
    Quero muito ler The kiss of decption, Um caso perdido e Três vezes nós *---*
    Te desejo ótimas leituras e 2017!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii xará, olha só a coincidência não é só no nome hahahahahah o número de leituras é igual tbm. Eu chorei mt mt mt mesmo, devia estar na tpm hahahahaha. Leia sim xará, e espero que você goste. Te desejo ótimas leituras tbm.
      - Beijos, Carol!

      Excluir
  4. Oi, Carol!
    Sempre queremos ler mais e mais, confesso, mas, no fundo, o que realmente importa são aquelas leituras marcantes.
    Adorei sua lista, são livros realmente marcantes e muito comentados :D
    Bjs!

    -Ricardo, Lapso de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Ricardo, concordo completamente com você. É sempre bom lermos livros que ficarâo sempre na nossa memória.
      - Beijos, Carol!

      Excluir